17.6 C
fpolis
quarta-feira, julho 6, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Revitalização dos espaços públicos no Continente

Revitalização dos espaços públicos no Continente

spot_imgspot_img

A Secretaria Municipal do Continente em parceria com a COMCAP e a FLORAM realizarão a partir do dia 08 de abril – quarta feira, uma força tarefa para revitalização dos espaços públicos do Continente de Florianópolis.

As obras terão início no dia 08 de abril às 07:00 e o primeiro espaço será a Praça Nossa Senhora de Fátima, no bairro Estreito. A Secretaria Municipal do Continente programou um cronograma de atividades o qual inclui, pinturas, recuperação de quadras de esporte, limpeza, poda de plantas, bem como o plantio de novas mudas etc.

As áreas centrais dos bairros do continente estão sofrendo, em vários graus, as conseqüências do crescimento urbano, da intensificação do uso do solo e dos modos de vida diferenciados dos vários segmentos sociais. Os centros urbanos têm grande dificuldade de atender as demandas da comunidade, apresentando diversos níveis de inadequação, obsolescência e degradação.

Os espaços públicos centrais, principalmente os ‘verdes’, necessitam ser revalorizados, através de diversas ações públicas, para desempenhar o seu papel na comunidade local, desde o de imagem unitária de pertencimento da comunidade até o de amenidade, entre outros, que preservem a boa qualidade do ambiente construído para seus usuários mais diversos. Os Bairro do continente, através dessa força tarefa, respondem diferenciadamente a esta questão, pois manterão firme e belo tais espaços.

Deglaber Goulart – Secretário Municipal do Continente, considera de suma importância à recuperação das praças. A praça, diz ele, é o local de entretenimento e lazer das famílias que moram nos bairros do continente.

Depois da Praça Nossa Senhora de Fátima, será a vez das outras praças, que receberão as melhorias todas as quintas-feiras até que se recuperem as mais de 100 praças que o Continente possui. Hoje, sabemos o quanto é necessário preservar os ecossistemas naturais e começar a recuperar todos os espaços que são freqüentados pela população.

spot_img