22.6 C
fpolis
domingo, setembro 19, 2021
cinesytem

‘Samu veterinário’ atendeu 78 animais nos primeiros 90 dias de funcionamento

spot_img

‘Samu veterinário’ atendeu 78 animais nos primeiros 90 dias de funcionamento

O SamuVet (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Veterinária), completou os primeiros 90 dias de operação com o atendimento a 78 animais sem dono, principalmente em situações de atropelamento ou outras avaliadas como de extrema necessidade. A ambulância entrou em operação em agosto e é a única do país a oferecer o serviço de resgate de animais feridos. As informações são da Secretaria de Comunicação do Executivo Municipal. 

O SamuVet presta atendimento a animais errantes, que não tenham proprietário e estejam em local de acidentes. Nesse caso, são resgatados os atropelados em via pública que colocam o trânsito ou as pessoas em perigo, animais ferozes que tenham de fato atacado pessoas em via pública, cavalos soltos na rua, também em situação de risco, ou animais utilizados na prática de farra do boi, desde que estejam contidos no local.

Eduardo Cavallazzi, diretor de Bem-Estar Animal e idealizador do projeto, informa que a ambulância só pode atender os casos em que os animais não têm dono. O SamuVet é acionado exclusivamente pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), diante de ocorrências atendidas pela PM, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal, em casos avaliados como de extrema necessidade.

A Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea) atende, em seu horário normal de funcionamento, aproximadamente 15 casos de cães, gatos e cavalos atropelados ou baleados, por semana. A ambulância, identificada com a logomarca do serviço, é guiada por um motorista e acompanhada de um médico veterinário com maleta de primeiros-socorros.
 

spot_img
spot_img

Leia mais