28 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Sancionada lei que regulamenta a tecnologia 5G na capital

spot_img

Sancionada lei que regulamenta a tecnologia 5G na capital

spot_img

O Projeto de Lei Complementar nº 1.784 de 2019 que atualiza as normas urbanísticas municipais para a implementação da tecnologia 5G em Florianópolis foi sancionado pelo prefeito Gean Loureiro (DEM) em solenidade realizada na manhã desta terça-feira (9) na Câmara de Vereadores.

O município tem agora o desafio de garantir a estrutura necessária para a instalação dos equipamentos que serão fornecidos pelas empresas vencedoras do leilão do governo federal realizado na última semana.

De acordo com o chefe do Poder Executivo Municipal, a prefeitura já adequou todo o sistema para poder fazer uma licença autodeclaratória para a instalação das antenas 5G. “Os decretos complementares vão deixar Florianópolis em uma condição plena para utilização, seguindo o princípio de que o controle não tem que ser no licenciamento, mas sim na fiscalização”, afirma o prefeito.

Segundo o superintendente municipal de ciência, tecnologia e informação, Marcos Lichtblau, Florianópolis vive um “momento ímpar” e que o início da tecnologia 5G representa “um novo paradigma” para a cidade. “Além de podermos oferecer serviços de melhor qualidade de conectividade para os cidadãos, nós também vamos oferecer novas possibilidades de negócios para as nossas empresas e, portanto, a criação de empregos, geração de renda, geração de tributos, o progresso da cidade”, afirma.

O empresário e vice-prefeito Topázio Neto (Republicanos) lembra que a chegada da tecnologia 5G à capital catarinense vai proporcionar ainda a conectividade de regiões onde a instalação de antenas 4G é dificultosa, além de melhorar a conexão na região central. “Com o 5G, na distância de 1 km³ você consegue conectar um milhão de aparelhos, então acaba o problema das pessoas não poderem se conectar na rede. Além disso, como as antenas são menores, nós podemos levar para qualquer lugar da cidade. Isso é mais emprego, mais renda, mais videoconferência, mais aula a distância, mais telemedicina. A diferença vai ser feita na vida das pessoas”, completa o vice-prefeito.

Agora, conforme explica o presidente da Câmara Municipal de Florianópolis, vereador Roberto Katumi Oda (PSD), algumas alterações serão feitas no texto para que seja fornecido acesso imediato à tecnologia. “Acho que a Câmara Municipal entendeu a mensagem, está atualizada com a sociedade e sabe que o tema do 5G merece prioridade nesta Casa Legislativa”, conclui o presidente da CMF.

Fotos: Édio Hélio Ramos.

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img