fique por dentro de floripa

- Tecnologia - Santa Catarina é o estado mais produtivo do Brasil, aponta Tech Report 2019

21.08.2019

Santa Catarina é o estado mais produtivo do Brasil, aponta Tech Report 2019

21.08.2019
Santa Catarina é o estado mais produtivo do Brasil, aponta Tech Report 2019
Foto: Marina Noceti / Divulgação

Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) lançou na última semana o estudo Tech Report 2019, que atribui faturamento de R$ 100 mil por trabalhador em SC, enquanto a média nacional é R$ 72 mil

A produtividade das empresas catarinenses do setor de tecnologia é a maior dentre os seis principais polos de tecnologia e inovação do Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina). O Estado registra faturamento médio de R$ 100 mil por trabalhador, quando a média nacional não supera os R$ 72 mil. Não é somente em produtividade que Santa Catarina se destaca: Com R$ 15,8 bilhões em faturamento total, do qual as empresas associadas à ACATE correspondem a 64%, o setor de tecnologia já representa 5,8% da economia de Santa Catarina. São mais de 15 mil empreendedores e aproximadamente 51,8 mil colaboradores. Os dados são do Tech Report 2019, estudo realizado pelo Observatório da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e pela Neoway e lançado na última quinta-feira (15), durante a segunda edição do Startup Summit, em Florianópolis. O estudo completo está disponível em http://observatorio.acate.com.br.

Para Daniel Leipnitz, presidente da ACATE, esta edição do estudo traz dados preciosos para o entendimento da evolução do ecossistema de tecnologia e inovação de Santa Catarina. “Nós já somos o 4º maior polo em número de colaboradores no setor de TI, e o 6º em faturamento, número de empreendedores e número de empresas. Temos o maior índice de produtividade por trabalhador do Brasil, e a segunda maior densidade de startups do país, com 4,9 empresas para cada mil habitantes. A força do nosso ecossistema já é conhecida, agora o que queremos é realizar intercâmbios entre as diversas comunidades de inovação e tecnologia existentes no Brasil e no mundo, trocando experiências, gerando aprendizados e ampliando nossa capacidade de fomentar cada vez mais o desenvolvimento de empresas e empreendedores”, afirma Daniel.

No Brasil, o setor de tecnologia desempenha um faturamento de R$ 301,7 bilhões, o que corresponde a 4,4% do PIB nacional. “No ranking, entre os seis maiores polos de tecnologia do Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina), nosso estado é líder, com R$ 1,4 milhões de faturamento médio, que corresponde aos R$ 15,8 totais de faturamento divididos pelo número total de empresas ativas que temos, que está em 11,2 mil”, destaca Daniel. Destas, mais de 4 mil surgiram nos últimos quatro anos, mostrando que o ambiente está cada vez mais favorável para o empreendedorismo. Entre as cidades de Santa Catarina, destacam-se os polos de Florianópolis (2.438), Joinville (1.473) e Blumenau (1.218), que concentram 5.129 empresas do setor de tecnologia catarinense (45%).

Separando os resultados por regiões, foram destaques no estudo a Grande Florianópolis, com aumento de R$ 100 milhões em seu faturamento e de 10 mil colaboradores de 2017 para 2018, a região Norte, que teve aumento de R$ 200 milhões em seu faturamento, e as regiões do Vale do Itajaí, que manteve sua arrecadação alta com o setor de tecnologia, de R$ 3,4 bilhões, e do Oeste, que manteve em R$ 1,2 bilhões.

Os diferenciais das associadas

Em painel de lançamento do Tech Report 2019, Daniel destacou a importância do papel da ACATE em seus mais de 30 anos de atuação no ecossistema de tecnologia e inovação de Santa Catarina. “A associação reúne empresas de tecnologia de diversos portes, segmentos de atuação e regiões e promove eventos e capacitações que favorecem muito o desenvolvimento de cada uma delas”, explica. De acordo com dados do Tech Report 2019, a produtividade das empresas catarinenses de tecnologia associadas à ACATE supera a média das demais empresas de tecnologia do Estado como um todo, ultrapassando R$ 153 mil. No ranking dos dez municípios com maior produtividade, Florianópolis ocupa o primeiro lugar, com R$ 113,9 mil de faturamento, Blumenau o segundo, com R$ 106,4 mil, e Joinville fica em terceiro, com R$ 95 mil. São Paulo fica em décimo lugar, com R$ 76 mil. “Já quando falamos em mesorregiões do Estado, a região Sul é a que mais se destaca, com R$ 225 mil vindos das empresas associadas, em comparação a R$ 85 mil das não associadas, e a região da Serra, que fatura R$ 94 mil para cada colaborador, enquanto as não associadas não chegam a R$ 40 mil”, finaliza Daniel.

Parceria com a Neoway

A metodologia para elaboração do relatório envolve a análise de informações trazidas pela plataforma de Big Data Analytics e Inteligência Artificial da Neoway. A ferramenta disponibiliza um recorte das empresas catarinenses considerando a situação cadastral ativa, faturamento presumido*, ano de abertura, localização, informações sobre sócios e funcionários. Os dados levantados são da Receita Federal, Juntas Comerciais e Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Além disso, os produtores técnicos utilizaram o INEP, UNESCO e CAGED como fontes complementares. 

“A Neoway monitora, compila e organiza informações de 17 segmentos diferentes utilizando para isso mais de 3000 bancos de dados, públicos e de parcerias. O mercado de tecnologia é um dos que mais crescem nacionalmente. A expectativa é que isso se perdure para os próximos anos. É muito interessante observar a consolidação de novos centros de referência tecnológica e perceber que Santa Catarina está sendo protagonista nesse cenário extremamente promissor”, comenta Carlos Eduardo Monguilhott, COO da Neoway.

*Variável proprietária da Neoway.

 

Sobre a ACATE

A Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) representa os interesses do setor tecnológico catarinense desde 1986. Suas ações buscam aumentar o reconhecimento dessa indústria no estado, país e também internacionalmente. Para reforçar o ecossistema de inovação catarinense, a Associação é gestora de iniciativas como a incubadora MIDITEC, o laboratório de inovação aberta LinkLab, as Verticais de Negócios, o StartLab, a rede de investidores-anjo, entre muitas outras. Reunindo 1,4 mil empresas e organizações de base tecnológica, tem como missão promover a cultura da inovação em toda Santa Catarina. Maiores informações, no site www.acate.com.br.

 

Sobre a Neoway

A Neoway é a maior empresa da América Latina de Big Data Analytics, Inteligência Artificial, Machine Learning e tecnologia aplicada a negócios, com soluções de Sales & Marketing, Risk & Compliance e de Marketing Digital. Fundada em 2002, em Florianópolis, a companhia recebeu aportes de alguns dos principais fundos de investimento do mundo como Accel Partners, Monashees, Temasek, PointBreak, Pollux, e Endeavor Catalyst. Presente em São Paulo, Florianópolis, Nova York (EUA) e Lisboa (Portugal), possui mais de 500 colaboradores. Atualmente, a Neoway oferece serviços e soluções para 17 grandes indústrias entre elas: bancos, seguradoras e corretoras de seguro, automotivo e transporte, benefícios, bens de consumo, cobrança e recuperação, construção civil, cooperativa de crédito, oil & gas, saúde & pharma, tecnologia e telecom. Maiores informações em www.neoway.com.br

 

 

Setor tecnológico de Santa Catarina 2018

 

 

Faturamento total (6º)

Empresas 

(6º)

Colaboradores

 (4º)

Empreendedores

(6º)

Santa Catarina

R$ 15,8 bilhões

11,2 mil

51,8 mil

15,7 mil

Grande Florianópolis

R$ 6,7 bilhões

3,6 mil

26,5 mil

5,2 mil

Vale do Itajaí

R$ 3,4 bilhões

3 mil

9,5 mil

4,1 mil 

Norte 

R$ 3,2 bilhões

2,2 mil

9,2 mil

3,3 mil

Oeste 

R$ 1,2 bilhão

1,1 mil 

3,1 mil 

1,6 mil

Sul 

R$ 836 milhões

885

2,7 mil 

1,1 mil 

Serra

R$ 414 milhões

280

582 

337 

*Dados do Observatório ACATE — Tech Report 2019 

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Unifique leva conectividade à CASACOR Santa Catarina 2019

13.09.2019

Unifique leva conectividade à CASACOR Santa Catarina 2019

Seis empresas de tecnologia de SC têm quase 200 vagas abertas

13.09.2019

Seis empresas de tecnologia de SC têm quase 200 vagas abertas

Startups focadas em indústria 4.0 podem receber até R$ 300 mil cada

12.09.2019

Startups focadas em indústria 4.0 podem receber até R$ 300 mil cada

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.