Florianópolis, 16 de julho de 2024

SMTT aumenta a fiscalização contra o transporte irregular na temporada de verão

spot_img

Sicoob SC/RS ultrapassa 1,5 milhão de cooperados

O Sicoob SC/RS alcançou em junho 1,5 milhão de...

Vai ter Feira do Rock em Palhoça no final de semana

No mês do rock n’ roll o shopping ViaCatarina...

Com mais de 250 empreendimentos, o Square SC apresenta opção inovadora para as férias da criançada

Empresa Wow Park oferece experiência multissensorial num ambiente inspirador Procurando...

Compartilhe

A Secretaria dos Transportes e Terminais de Florianópolis (SMTT) está intensificando a fiscalização para coibir o transporte irregular que tende a crescer na temporada de verão. Além dos fiscais atuando nos terminais da cidade, equipes volantes reforçaram o trabalho no aeroporto Hercílio Luz, Rodoviária Rita Maria e nas principais praias da Ilha, onde o fluxo de turistas é maior. O objetivo principal é impedir que veículos não cadastrados e sem autorização façam o transporte de passageiros, especialmente no setor turístico, buscando aumentar a segurança dos usuários.

Conforme o diretor de Operações da SMTT, Maurício Pereira, o transporte de passageiros só pode ser feito por veículos cadastrados na secretaria e que passaram por vistorias que garantem as condições dos carros. Para impedir que operadores clandestinos atuem, principalmente nos balneários, equipes volantes estão realizando ações fiscais diariamente. Quem for flagrado fazendo transporte irregular terá o veículo retido e receberá também uma multa que pode chegar a duas mil UFIRs. O diretor orienta os turistas a verificarem se o transporte oferecido é regular, medida que aumenta a segurança do usuário.

Os fiscais das equipes móveis também estão vistoriando os principais corredores de ônibus da cidade para verificar possíveis gargalos do trânsito que atrasam as viagens. Com a medida a secretaria busca agilizar o tráfego dos ônibus convencionais e executivos, atendendo também os moradores que utilizam o sistema integrado de transportes. Outra ação que está sendo intensificada é em relação aos táxis de outros municípios da Grande Florianópolis que operam irregularmente na Capital. Os motoristas flagrados nessa situação terão os carros retidos e receberão multas que podem ultrapassar a mil reais.