fique por dentro de floripa

- Tecnologia - Startups conectadas ao LinkLab crescem 118% em faturamento, programa está com inscrições abertas

12.11.2019

Startups conectadas ao LinkLab crescem 118% em faturamento, programa está com inscrições abertas

12.11.2019
Startups conectadas ao LinkLab crescem 118% em faturamento, programa está com inscrições abertas
Foto: LinkLab Open Day Outubro

O dado foi apresentado durante a 3ª edição do LinkLab Open Day, evento promovido pelo programa estratégico de inovação aberta da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE)

O LinkLab é a rede de inovação aberta da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e tem como principal objetivo conectar corporates que têm desafios de inovação com startups que podem ajudar a solucioná-los, com foco na geração de negócios. “O time do LinkLab trabalha diariamente para acelerar essas conexões, resultando no fato de que 43% das startups participantes do programa fecham algum tipo de negócio com as corporates”, celebra Silvio Kotujansky, vice-presidente de Mercado da ACATE e idealizador do LinkLab. O programa está com inscrições abertas para novas startups pelo site https://gust.com/accelerators/link-lab-acate.

A Rede LinkLab, composta por três unidades (Florianópolis, São José e Joinville), reúne 27 corporates patrocinadoras, com diferentes desafios de inovação que foram apresentados no evento da última segunda-feira. O LinkLab registrou 118% de crescimento no faturamento das startups que passam pelo programa, 163% de aumento na base de clientes dessas startups e realização de mais de 60 eventos por ano no LinkLab Primavera.

Confira o que buscam as corporates da Rede LinkLab, divulgado durante 3ª edição do evento LinkLab Open Day, no fim de outubro:

Nexxera: Incremental e inovação para atender as necessidades dos clientes, parceiros e da própria empresa.

Ambev: Buscam startups do campo ao copo: agrotech, adtech, fintech e todos os tipos de techs.

ArcelorMittal: Desafio de recebimento de produtos (bobinas de aço). Buscam soluções para melhorar a rastreabilidade do produto durante o processo produtivo e estoque.

Bloco e Brognoli: Levar inovação e tecnologia para o mercado imobiliário, já vêm trabalhando e tem dado muito certo. Buscam construtechs.

Cesusc: Encontrar novas tecnologias e métodos para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem. O desafio é transformar o modelo educacional por meio da transformação digital.

Cisa: Buscam mais controle, rastreabilidade, manutenção mais assertiva, acelerar tomada de decisão para novos produtos, inovações para o mercado, algo que traga mais valor para o cliente (hospital, clínica, área médica como um todo).

Dimas: A venda é feita da mesma forma como começaram, buscam soluções para inovação em processos internos. Soluções em banco de dados e inteligência de dados, locação de veículos.

Engie: Procuram startups que possam ajudar na área de energia, mas que possam ajudar a engie ou os clientes dela a fazer a transição para o mercado de baixo carbono. Desafios financeiros, jurídicos.

FCDL: O propósito é representar os pequenos, médios e grandes lojistas de SC e desenvolver algo diferente do que já fazem, que é a análise de crédito.

Flex: Interesse especial em áreas de lógica de gestão de relacionamento entre empresas e clientes, ou foco na área de RH. Usam as soluções internamente para validar e depois levam para o mercado.

Havan: Buscam soluções em IoT, inteligência artificial, blockchain e ferramentas para solucionar problemas na área de inadimplência. Aceitam startups que estejam em fase de modelação de negócio.

Hippo: Grandes desafios que fazem sentido nesse momento: vendas online com picking e delivery, para reduzir tempo e custos desde a compra até a entrega do cliente; e comunicação, capacitação e produtividade, problema comum no setor supermercadista.

Intelbras: Principal desafio é pensar em soluções para agregar valor aos softwares. 

Koerich: Buscam soluções em fintech, inteligência artificial, omnichannel, pagamento, logística, experiência do cliente.

Orbenk: Precisam de ajuda para continuar crescendo, desafios na área de facilities, segurança, alimentação, inteligência e automação.

Ostec: Buscam revolucionar o mercado de segurança da informação com UI/UX, machine learning, cloud computing, inteligência artificial. Startups com experiência.

Porto Itapoá: Buscam maior integração com a cadeia, o que é o maior desafio do setor. Soluções em IoT, transformação digital e people analytics são bem-vindas.

Schulz: Desafio é digitalizar os processos e produtos: aplicativo para dimensionamento de compressores; e uso de realidade aumentada para processo de montagem e redução de defeitos.

Teltec: O desafio é encontrar startups que queiram repensar o varejo e o futuro do setor.

Tigre: Tudo relacionado a água e construção civil interessa para a Tigre. Desafios nas áreas jurídica e logística.

Unimed: Buscam evoluir na digitalização, entregar um plano mais palpável para o cliente, que possa acessar e ficar ciente de tudo que tem. Melhorias de processo com inteligência artificial, telemedicina, IoT.

Weg: Buscam soluções para aprimorar produtos, processos e serviços. Digitalização, agilidade, confiabilidade. Monitoramento, IoT, inteligência artificial e gestão de recursos e pessoas.

Whirlpool: Buscam soluções para relacionamento com o consumidor, digitalização e melhor entendimento da jornada.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Ciasc é a primeira empresa de tecnologia do país a trabalhar com integração de dados para gerar Certificados Digitais

05.12.2019

Ciasc é a primeira empresa de tecnologia do país a trabalhar com integração de dados para gerar Certificados Digitais

Santa Catarina vence três categorias do Startup Awards 2019

03.12.2019

Santa Catarina vence três categorias do Startup Awards 2019

Programa inédito de aceleração de MEIs forma 97 empresários na Capital

03.12.2019

Programa inédito de aceleração de MEIs forma 97 empresários na Capital

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.