23.1 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Vaca do COC na CowParade terá como diferencial a participação dos alunos

spot_img

Vaca do COC na CowParade terá como diferencial a participação dos alunos

spot_img

Além da vaca Cowrtoon, criada pelo artista Alexandre Beck, estarãoexpostas no Beiramar Shopping 10 miniaturas pintadas por alunos

Começa nesta quarta-feira, 9 de novembro, a Cow Parade Santa Catarina, que integra o calendário do maior evento ao ar livre do mundo. Para pintar a vaca patrocinada pelo colégio COC Córrego Grande, a direção da escola selecionou o artista e ilustrador Alexandre Beck, autor das tiras do Armandinho no Diário Catarinense. Com forte vínculo com as crianças, pois se dedica regularmente à produção de quadrinhos educativos, Beck acompanhou o trabalho de 10 alunos do COC no mês de outubro, e a produção destes “pequenos grandes” talentos foi tão surpreendente que será exposta lado a lado com a vaca oficial Cowrtoon, na Praça de Alimentação do Beiramar Shopping.

As miniaturas em gesso pintadas pelos estudantes do COC abordam temas como amor, natureza, preconceito, educação, paz e liberdade, e o resultado é a consolidação de várias experiências culturais propostas aos alunos nos últimos meses. “Para nós, investir na Cow Parade é mais uma forma de mostrar aos alunos o quanto é essencial para a evolução e o aprendizado humanos estar em contato com a cultura, incluindo a cultura urbana, que é uma importante possibilidade de manifestação”, resume a diretora pedagógica da escola com 23 anos de tradição, Lorena Nolasco.

Para o autor da vaca do COC, as cenas retratadas na vaca Cowrtoon devem instigar o público a refletir sobre seus costumes, sua cultura e a sustentabilidade do planeta. “A intenção é estimular as pessoas a questionar seus hábitos, suas manias e a repercussão da nossa rotina sobre o meio ambiente”, explica Beck, orgulhoso por assinar uma das mimosas na exposição que fica em cartaz até 27 de janeiro de 2012 e que vai culminar com a realização de um leilão beneficente. Desde a primeira edição da Cow Parade, na Suíça, em 1998, o leilão das vacas expostas já rendeu mais de US$ 22 milhões a entidades filantrópicas.

spot_img
spot_img