fique por dentro de floripa

- Meio ambiente - Veja como ficou o último relatório da temporada com os locais próprios e impróprios para banho

04.04.2016

Veja como ficou o último relatório da temporada com os locais próprios e impróprios para banho

04.04.2016
Veja como ficou o último relatório da temporada com os locais próprios e impróprios para banho
Foto: Eduardo Gentil/DeOlhoNaIlha/Arquivo

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) divulgou o último relatório das condições das praias da temporada de verão. Em Florianópolis, 50 pontos estão próprios para banho e 25 impróprios.Nas demais regiões, 103 estão próprios para banho e 33 devem ser evitados. As coletas foram realizadas nos dias 28, 29 e 30 de março. Confira aqui o relatório completo. 

As análises para a temporada 2015/2016 tiveram início em 20 de novembro. Como são necessárias cinco análises consecutivas para considerar um ponto próprio ou impróprio para banho, o primeiro relatório foi divulgado em 11 de dezembro do ano passado. “Foram analisadas 4.220 amostras e se computarmos as avaliações em campo, somadas aos ensaios de laboratórios, temos mais de 25 mil parâmetros, como temperatura do ar, da amostra, condições de maré, vento e chuvas”, explica o técnico do laboratório, Marlon Daniel da Silva, responsável pela balneabilidade.

Com mais de 20 anos de experiência em análises de balneabilidade, o técnico diz que não houve muita surpresa nos resultados. “O caso mais sério foi em Canasvieiras, mas fora isso, nos demais pontos, houve estabilidade nos resultados. A melhoria passa diretamente por saneamento e pela fiscalização”, afirma.

Nesta temporada, a Fatma contou com a parceria das universidades do Vale do Itajaí (Univali), campus de Itajaí; do Sul (Unisul), campus de Tubarão e do Extremo Sul Catarinense (Unesc), de Criciúma, nas análises laboratoriais. Do instituto e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com os estagiários e do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina que foram responsáveis pelas coletas. Até a próxima temporada, os relatórios serão mensais.

As análises são feitas nos municípios de Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Balneário da Barra do Sul, Balneário Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Madeira das árvores derrubadas pelo ciclone podem ser usadas no reparo dos danos

07.07.2020

Madeira das árvores derrubadas pelo ciclone podem ser usadas no reparo dos danos

Nuvem de gafanhotos: Epagri aprofunda estudos sobre a praga

26.06.2020

Nuvem de gafanhotos: Epagri aprofunda estudos sobre a praga

Parque Ecológico do Córrego Grande será transferido para Florianópolis

22.06.2020

Parque Ecológico do Córrego Grande será transferido para Florianópolis

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.