fique por dentro de floripa

- Segurança - Venda de armas em Floripa deve crescer ainda mais com novo decreto assinado por Bolsonaro

08.05.2019

Venda de armas em Floripa deve crescer ainda mais com novo decreto assinado por Bolsonaro

08.05.2019
Venda de armas em Floripa deve crescer ainda mais com novo decreto assinado por Bolsonaro
Foto: Loja Sports Men´s fica no Centro Comercial ARS. Crédito: Carmelo Cañas

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira, 7, decreto que regulamenta a posse, o porte e a comercialização de armas e munições para caçadores, atiradores esportivos e colecionadores, os chamados CACs. 

A reportagem do DeOlhoNaIlha visitou a Sports Men´s, tradicional loja de armas instalada desde 1994 no Piso 2 do Centro Comercial ARS, na região central de Florianópolis, para saber qual o impacto esperado do novo decreto nas vendas.

De acordo com a gerente da loja, Marion Margarida, desde o começo do governo Bolsonaro houve um aumento na venda de armas, de mais ou menos 35%. “Ao mesmo tempo que houve crescimento nas vendas, muito mais gente passou a vender armas na cidade”, explica Marion.

Sobre o novo decreto, Marion afirmou que a medida deve ocasionar aumento nas vendas e animar principalmente quem já possui arma, e vai aproveitar para adquirir outras, já que a marca das medidas do governo Bolsonaro é a flexibilização da posse. Ela destacou que além do aumento no número de vendas, cresceu muito o número de curiosos fazendo perguntas sobre armas no estabelecimento. 

As mudanças

Entre as mudanças, o governo sobe de 50 para 1.000 o limite de cartuchos de munições que podem ser adquiridos por ano pelos CACs, além de autorizar o transporte de armas carregadas e municiadas no trajeto entre a casa do portador e os clubes de tiro, o que estava proibido. O decreto também permite a livre importação de armas e munições e amplia o prazo de validade do certificado de registro de armas para 10 anos, bem como todos os demais documentos relativos à posse e ao porte de arma.

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (7), em cerimônia no Palácio do Planalto, o decreto que regulamenta a posse, o porte e a comercialização de armas e munições para caçadores, atiradores esportivos e colecionadores, os chamados CACs.

Entre as mudanças, o governo sobe de 50 para 1.000 o limite de cartuchos de munições que podem ser adquiridos por ano pelos CACs, além de autorizar o transporte de armas carregadas e municiadas no trajeto entre a casa do portador e os clubes de tiro, o que estava proibido. O decreto também permite a livre importação de armas e munições e amplia o prazo de validade do certificado de registro de armas para 10 anos, bem como todos os demais documentos relativos à posse e ao porte de arma. A íntegra da nova lei será publicada na edição de amanhã (8) do Diário Oficial da União.

Em janeiro, Bolsonaro já tinha assiado um decreto que felxibilizava o porte de armas. Saiba mais aqui.

Com informações da Agência Brasil.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Blogueira que denunciou estupro em beach club de Floripa reclama do andamento da investigação

22.05.2019

Blogueira que denunciou estupro em beach club de Floripa reclama do andamento da investigação

Projeto vai beneficiar crianças da Vila União, no Norte da Ilha

15.05.2019

Projeto vai beneficiar crianças da Vila União, no Norte da Ilha

Usuário denuncia abuso em ônibus na Capital e Guarda Municipal prende suspeito

13.05.2019

Usuário denuncia abuso em ônibus na Capital e Guarda Municipal prende suspeito

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.