fique por dentro de floripa

- Educação - Vereadores aprovam projeto que autoriza ensino à distância durante a pandemia para a Educação municipal de Florianópolis

21.04.2020

Vereadores aprovam projeto que autoriza ensino à distância durante a pandemia para a Educação municipal de Florianópolis

21.04.2020
Vereadores aprovam projeto que autoriza ensino à distância durante a pandemia para a Educação municipal de Florianópolis
Foto: Divulgação CMF

Na tarde desta segunda-feira (20), a Câmara Municipal de Florianópolis aprovou o Projeto de Lei 18.44/20, que autoriza um regime especial de atividades de aprendizagem pela internet para a Educação Básica das escolas da Capital. Aprovado por 19 votos, com 03 manifestações contrárias, a proposta garante a validação da carga horária mínima anual exigida para o cumprimento do letivo do ano de 2020, em consonância com a prevenção da pandemia do coronavírus (Covid-19). 

Os estudantes estão há 34 dias sem aulas, desde do último dia 17 de março quando a Prefeitura Municipal editou decreto suspendendo as atividades escolares em todas as redes públicas e privadas da cidade baseado em estudos técnicos para a tomada de medidas preventivas evitando uma maior disseminação do coronavírus.  O presidente da CMF, vereador Fábio Braga (PSD) vinha há semanas reforçando e apoiando a necessidade de garantir o ensino não presencial e a vontade de várias diretoras escolares em continuar atuando, após o Conselho Municipal de Educação se manifestar contrário a implantação da modalidade EAD.

“Destaco a postura de mais de 50 diretoras e diretores de NEIs e escolas do município que decidiram assinar um documento mencionando a sua intenção em continuar educando e, sobretudo, ajudando a sua comunidade local. Merece reconhecimento e  um esforço da Câmara diante do trabalho que elas desenvolvem. Não é momento de fazer picuinhas e politicagem, o momento agora é, de união para ajudar a cidade neste momento de pandemia que estamos passando. As diferenças devem ser deixadas de lado e devemos pensar no bem comum da população,” destacou o presidente da CMF ao reforçar a construção em conjunto com a prefeitura do projeto na tentativa em salvar o ano letivo, assim como já ocorre em outras cidades como Joinville e Blumenau.

“O conselho enviou a posição por e-mail. Faltou apenas a prefeitura abrir a mensagem. Nós fizemos emendas que corrigiam o projeto, em especial para garantir a contratação dos ACTs. O parágrafo diz apenas ‘poderão’”, afirmou o vereador Afrânio Boppré (PSOL). O parlamentar questionou alguns pontos da matéria, mas votou favorável à proposta mesmo com a rejeição das emendas e do substitutivo global.

Para aqueles que não tem acesso a internet ou não possuem computadores o material impresso poderá ser retirado nas escolas pelos pais, ou ainda, aqueles que impossibilitados de ir até a unidade de ensino, o material será enviado até a casa do estudante. Ainda será possível agendar horário com o Diretor da rede de ensino para evitar aglomerações, onde o aluno use os computadores da escola para estudos e atividades. 

“Votar contra esse projeto seria votar contra a Educação,  contra os ACTs”, afirmou o vereador Claudinei Marques (Republicanos), líder do governo na CMF.

Para que aconteça  o ensino a distância, o projeto prevê ainda a possibilidade de prorrogação dos contratos de professores substitutos temporários (ACTs), cujo os contratos haviam vencidos durante o período da pandemia.

Criado pela secretaria Municipal de Educação, em conjunto com profissionais da pasta, o “Portal Educacional” já registrou mais de 80 mil acessos e contém sugestões de temas, atividades pedagógicas e jogos educativos voltados ao ensino e a aprendizagem que compõem as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, Artes, Geografia, História, Língua Estrangeira, Educação Física e Alfabetização, Letramento (Anos Iniciais), Educação Infantil e ensino de Jovens e Adultos (EJA). 

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

CCJ aprova PLC que regulamenta educação domiciliar em Santa Catarina

02.06.2020

CCJ aprova PLC que regulamenta educação domiciliar em Santa Catarina

Justiça nega pedido de liminar do Ministério Público que obriga desconto em mensalidade

02.06.2020

Justiça nega pedido de liminar do Ministério Público que obriga desconto em mensalidade

Abertas inscrições para o processo seletivo do Bolsa Enem UniSociesc

01.06.2020

Abertas inscrições para o processo seletivo do Bolsa Enem UniSociesc

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.