fique por dentro de floripa

- Esportes - Você já ouviu falar em eletroestimulação? Conheça os benefícios e vantagens do treino

14.08.2019

Você já ouviu falar em eletroestimulação? Conheça os benefícios e vantagens do treino

14.08.2019
Você já ouviu falar em eletroestimulação? Conheça os benefícios e vantagens do treino
Foto: eletroestimulação / divulgação

Tecnologia, já disponível em Florianópolis, possibilita treinos intensos em apenas 20 minutos

Queridinho de famosas como Bruna Marquezine e Bruno Gagliasso e de atletas de alto rendimento, o treino de eletroestimulação (EMS) é a aposta para quem não tem muito tempo para ir à academia com frequência ou para aqueles que desejam turbinar o treino semanal de musculação ou aeróbico. Também é comumente procurado por quem precisa de resultados estéticos, como definição, a curto prazo - como modelos que precisam dar um "up" antes de uma sessão de fotos. Mas você sabe como funciona esse treino, se há contraindicações e o que a EMS pode fazer por você?

O treino é uma técnica que serve para exercitar os músculos através de impulsos elétricos; por meio de uma máquina conectada a uma roupa especial, o aluno recebe estímulos elétricos que podem variar de intensidade e região, dependendo da escolha e objetivos de cada um. A ideia é justamente essa: um treino totalmente personalizado, inclusive respeitando limitações de cada pessoa. Os eletrodos conectados ao corpo são posicionados em 8 grupos musculares diferentes, que podem ser trabalhados juntos ou separadamente.

Um dos fatores que mais chama a atenção e atrai novos adeptos é o tempo: são necessários apenas 20 minutos para concluir um treino intenso, com a recomendação de não exceder duas aulas por semana, com um intervalo de 48 horas entre sessões. E quem já aderiu, garante: é possível notar mudanças significativas ainda no primeiro mês.

Por que escolher a eletroestimulação?

As vantagens da eletroestimulação vão além do corpo definido. O alívio de dores, por exemplo, é um dos vários motivos que levam pessoas a procurar um estúdio de EMS. Rosane Bittencourt, proprietária do estúdio Body Volt, em Florianópolis, conta que as correntes elétricas de baixa tensão do treinamento ativam grupos musculares vertebrais mais profundos, geralmente mais difíceis de alcançar através dos tratamentos tradicionais. "Além disso, a falta de fortalecimento dos músculos pode também ser o motivo de várias dores, por isso é essencial o treino muscular visando o fortalecimento das regiões afetadas", explica Rosane.

Outro ponto interessante do treinamento é o risco quase nulo de lesões, já que o treino não possui impacto articular (sobrecarga) e é realizado sob a vigilância de um profissional capacitado e atento aos desvios de posturas, fazendo as correções imediatas sempre que necessário.

Josephina Zandona, servidora pública aposentada e aluna da Body Volt, conta que procurou o estúdio aos 79 anos devido a graves problemas na coluna cervical. "Procurei a eletroestimulação depois de fazer, ininterruptamente, por um ano, sessões de fisioterapia por conta de dores agudas na região cervical e nos joelhos. Desde a primeira sessão já senti alívio nas dores, que foram sumindo ao longo das semanas", conta.

Francine Amaral, modelo, também aluna da Body Volt, aponta que depois de um ano e meio de treinamento o que mais gosta na eletroestimulação é facilidade de encaixar os treinos em sua agenda. “Sempre fui uma pessoa com muitos compromissos e com tempo apertado, principalmente agora nessa minha nova fase de mãe. Os 20 minutos de treino cabem perfeitamente na minha rotina e com muitos benefícios, tanto estéticos (me ajudou bastante na recuperação pós parto) quanto na saúde (minhas dores nas costas diminuíram bastante)”, relata Francine.

Quem pode fazer o treino?

A eletroestimulação, mesmo sendo totalmente indolor, é um exercício intenso e exaustivo, por isso a recomendação é que seja realizado por pessoas acima dos 16 anos. Também, assim como todo exercício físico, possui algumas restrições: grávidas, portadores de epilepsia, portadores de implantes médicos (como marca-passo) e pessoas com doenças neurológicas graves não são permitidos nos treinos de EMS - a não ser que haja indicação médica.

A eletroestimulação é uma modalidade que veio para ficar. Prática e cheia de benefícios, é uma escolha acertada para quem procura um exercício eficaz, unindo saúde e estética.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Alteração no trânsito para a Maratona Internacional de Floripa Cosan

21.08.2019

Alteração no trânsito para a Maratona Internacional de Floripa Cosan

Maratona Internacional de Floripa Cosan: Entrega de kits tem início nesta quinta-feira

20.08.2019

Maratona Internacional de Floripa Cosan: Entrega de kits tem início nesta quinta-feira

Times femininos também podem se inscrever na Copa Floripa Brasil

20.08.2019

Times femininos também podem se inscrever na Copa Floripa Brasil

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.