20.8 C
fpolis
sexta-feira, setembro 24, 2021
cinesytem

Em alta, setor têxtil gera oportunidades para empreendedores

spot_img
Array

Em alta, setor têxtil gera oportunidades para empreendedores

spot_img

São Paulo – SP 3/8/2021 – Quem quer empreender deve analisar o setor têxtil de perto, pois não há dúvidas de que o segmento está se saindo muito bem em meio à crise

Segundo Cristiano Manenti, presidente da JC ISOTEX, empresa do mercado têxtil que atua com tintas para sublimação, dados recentes indicam que panorama do setor se mostra fértil para novos investidores

De acordo com levantamento realizado pela Serasa Experian, foi registrado, em plena pandemia de Covid-19, um crescimento no número de novos negócios no Brasil em 2021. O estudo apontou que, no último mês de janeiro, foram registradas 312.462 aberturas para registros de MEIs (microempreendedores individuais) no país – trata-se da maior marca registrada desde janeiro de 2010, quando teve início a série histórica.

Além disso, os MEIs  foram responsáveis pelo saldo final de 142,7 mil empregos gerados no país no ano em referência, conforme aponta estudo do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) feito a partir de dados consolidados pelo Ministério da Economia.

Com a movimentação, setores demonstram projeções positivas para o de 2021. Segundo Cristiano Manenti, presidente da JC ISOTEX, empresa do mercado têxtil que atua com tintas para sublimação, o mercado têxtil deve ficar no radar dos empreendedores. Manenti destaca que, de acordo com estimativas da Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), as vendas de artigos de vestuário devem crescer 25% em 2021 no setor de varejo, com um salto para 6,2 bilhões de peças.

“As projeções são claras: a produção têxtil no país deve crescer 8,3% em volume até o final do ano, chegando a 2,03 milhões de toneladas. Por isso, podemos afirmar que, juntamente com o empreendedorismo, o panorama do segmento têxtil é favorável para quem planeja apostar e ter sucesso no setor”, analisa.

Setor têxtil em alta

O empresário afirma que o panorama geral do setor têxtil no Brasil é animador, mesmo em um cenário de pandemia, e destaca que, segundo estudos do IEMI (Instituto de Estudos e Marketing Industrial), o setor têxtil foi responsável por 1,5 milhão de empregos diretos apenas em 2020, gerando cerca de R$ 16,5 bilhões em impostos. 

“Quem quer empreender deve analisar o setor têxtil de perto, pois não há dúvidas de que o segmento está se saindo muito bem em meio à crise, ao contrário de diversos setores, que não resistiram e estão em queda: estamos falando de oportunidades para um setor que já dá sinais de recuperação no pós-pandemia”, pontua. 

Para saber mais, basta acessar: https://jcisotex.com/pb/

Website: https://jcisotex.com/pb/

spot_img
spot_img

Leia mais