13 C
fpolis
terça-feira, maio 17, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Abastecimento de água na Grande Florianópolis ainda não está regularizado

spot_img

Abastecimento de água na Grande Florianópolis ainda não está regularizado

spot_imgspot_img

A necessidade de reforço na estrutura de sustentação da adutora de 800 mm de diâmetro adiou a regularização no abastecimento de água da Grande Florianópolis, prevista inicialmente para esta segunda-feira, 22. No decorrer desta terça-feira, 23, a Casan deve informar novo horário (ou nova data) para que o abastecimento de água seja regularizado. Por enquanto os trabalhos no local continuam e o abastecimento está prejudicado.

Rompida na madrugada de domingo, a tubulação que capta água do Rio Pilões foi reassentada e entrou em operação ao meio-dia de segunda-feira, mas os testes com a pressão da água indicaram a necessidade de reforço.

A Grande Florianópolis (São José, Santo Amaro, Biguaçu, Palhoça e a Capital) permanece abastecida com água de outros mananciais, como o Rio Cubatão, mas sem o Rio Pilões a vazão é reduzida para algumas regiões.

O solo na região da captação do Rio Pilões (no município de Santo Amaro) está muito encharcado e instável devido às chuvas, dificultando a fixação dos pilares que sustentam a adutora. Por medida de segurança do Sistema, a CASAN resolveu colocar estaqueamentos metálicos junto à estrutura de madeira, mas a Empresa esclarece que não houve novo desmoronamento, como divulgado em redes sociais.

As áreas mais altas de Biguaçu e São José e os bairros Centro, Trindade, Itacorubi, Santa Mônica e proximidades em Florianópolis são os mais susceptíveis de intermitências no abastecimento enquanto a situação perdurar. O Aquífero dos Ingleses abastece o Norte da Ilha. As regiões Sul e Leste da Ilha que se valem do

Sistema da Lagoa do Peri, com exceção do bairro Carianos. Os bairros Santo Antônio, Sambaqui, Cacupé e arredores estão sendo auxiliados com água do Norte da Ilha.

A CASAN pede a compreensão da população e solicita que o uso de água seja limitado ao essencial mesmo nas regiões não afetadas, pois estas colaboram com as demais.

SERVIÇO

Central de Atendimento para solicitações de serviços pelo fone 0800.643.0195 ou chat online do site: www.casan.com.br

Com informações da Assessoria de Imprensa da Casan. 

spot_img