16.6 C
fpolis
quinta-feira, setembro 23, 2021
cinesytem

Aberta a venda de ingressos virtuais do espetáculo “Se não agora, quando?”, da Cia Trupe Toe

spot_img

Aberta a venda de ingressos virtuais do espetáculo “Se não agora, quando?”, da Cia Trupe Toe

spot_img

União da dança, da música e de elementos visuais fazem do espetáculo uma produção especial e com temática lúcida para o momento presente. Venda de ingressos começa nesta quarta-feira (15)

No próximo dia 01 de outubro, às 20:30h, o Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, será palco de uma apresentação bastante lúcida para os momentos atuais, a do espetáculo “Se não agora, quando?”. Unindo a dança, elementos visuais e a música, integralmente de autoria própria e exclusiva para o espetáculo, ele enfatiza a busca pela equidade de gêneros, etnias e raças, trazendo à tona a discussão sobre justiça social. 

Há 10 anos, a Cia Trupe Toe desenvolve projetos educacionais e espetáculos com foco na arte e cultura brasileiras – e desta vez não será diferente. O “Se não agora, quando?” promove a reflexão de uma sociedade mais igualitária em vários aspectos e está alinhado ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável Número 5, da ONU (Organização das Nações Unidas). “Nos inspiramos em campanhas internacionais como a #heforshe, no “The Representation Project” e em pensadoras que entendemos que estavam a frente do seu tempo, como Simone de Beauvoir e Clarice Lispector, cujas frases de suas autorias integram os elementos visuais do espetáculo, que possui 60 minutos de duração e tem classificação livre”, destaca Maria Coura, diretora da Cia. 

A trilha sonora é um destaque, com a junção harmônica do samba, maracatu, ciranda, declamações e muita percussão. Ela é executada ao vivo pelos/pelas  musicistas Natália Livramento, Addia Furtado, João Peters, Claudia Rivera, Osvaldo Pomar e Dandara Manoela. As letras são de composição de todos os integrantes da Cia, além da participação especial de Iara Germer. O encerramento é impactante e conta com a música “Mulher de Luta”, de autoria de Dandara Manoela, tema oriundo de seu álbum “Retrato Falado”. Em seguida, acontece um bate-papo sobre o processo de criação do espetáculo.

A Trupe Toe é composta por 13 integrantes, dentre músicos, técnicos de som e de luz, coorientador artístico e dançarinos/coreógrafos/sapateadores profissionais. Estes últimos comandam o ritmo nos taps: Marina Coura, Yasmin Bogo, Bruno Maria e Vivian Shimizu. “Exploramos a multiplicidade rítmica brasileira e suas reverberações nos movimentos dos corpos envolvidos no espetáculo”, ressalta Marina, informando que após esta estreia em Florianópolis, a representação teatral e musical será apresentada também no Floripa Tap – Festival Internacional de Sapateado, na capital catarinense, no final de outubro e, no dia 10 de dezembro, em Salvador (BA).

A apresentação terá venda de ingressos em formato on-line, a partir do dia 15/9, a um valor de R$ 20,00, pelo Sympla (https://www.sympla.com.br/espetaculo-se-nao-agora-quando__1343064). Assim que liberadas as apresentações presenciais, haverá ainda a possibilidade de abater os R$ 20,00 na compra do ingresso presencial. Quando confirmada, será para um número reduzido de pessoas em virtude da pandemia da Covid-19, bem como respeitará os protocolos de segurança sanitária e distanciamento social deste momento. 

Fundada em 2011, a Cia Trupe Toe desenvolve a pesquisa do Sapateado (Tap Dance) de uma forma ampla e polivalente, oferecendo uma nova conversa ao sapateado, com a busca da inclusão de uma linguagem própria brasileira. Produzindo e desenvolvendo espetáculos de dança e música, utilizando intervenções de diversas linguagens corporais e cênicas, tem em sua história quatro obras contempladas: “Papo Brasileiro”, “Tap em Tom”, “Recriando Linguagens” e o atual, “Se não, agora, quando?”. 

Sempre com música ao vivo para cada espetáculo, o grupo conta com apresentações em eventos de grande representação nacional e internacional, incluindo a Virada Cultural Paulista, os eventos Exercício Cênicos, Floripa TAP, Bienal da Dança, Maratona Cultural e Festidança/SP, além de integrar a programação cultural das Paralimpíadas (RJ) e da Copa do Mundo em Fortaleza (CE). 

Em 2013, a Cia Trupe Toe foi convidada a representar o sapateado brasileiro no maior evento de Tap Dance dos EUA, Rhythm World 23 (Chicago/EUA). O grupo também possui programas de ensino (formação e educação) em Florianópolis, onde ministra aulas de sapateado e ritmos brasileiros para crianças e adolescentes. 

Integrantes do espetáculo:

Marina Coura – Direção geral, coreógrafa e sapateadora

Natalia Livramento – Direção musical e violão 7 cordas

João Peters – contrabaixo

Claudia Rivera – flauta

Addia Furtado – percussão

Osvaldo Pomar – percussão

Dandara Manoela – voz

Sapateado:

Marina Coura

Vivian Shimizu

Yasmin Bogo

Bruno Maria

Coorientação Artística: Adilso Machado

Técnico de som: Julio Lemos

Iluminação: Gabriel Guedert

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img

Leia mais