22.6 C
fpolis
domingo, novembro 28, 2021
cinesytem

Acordo garante aos pescadores liberação para o uso da rede de cerco

spot_img

Acordo garante aos pescadores liberação para o uso da rede de cerco

spot_img

Os pescadores que protestaram na manhã desta sexta-feira,17, na superintendência estadual do Ministério da Pesca, em Florianópolis, contra proibição do uso da rede de cerco para a captura das tainhas, obtiveram uma resposta positiva no início da tarde. Um acordo Ibama, Ministério da Pesca e Federação dos Pescadores Artesanais de Santa Catarina liberou a pesca com rede de cerco para os pescadores artesanais.As informações são da rádio CBN/Diário.

Apesar de resolvido o imbróglio, donos das cerca de 200 embarcações usadas na safra da tainha terão que atualizar suas licenças de pesca para não serem multados. O problema que gerou as reclamações teve início no primeiro dia da temporada de pesca quando o prescador Eugênio Zilto Pereira recebeu uma multa de R$ 1,4 mil por ter a rede de cerco no barco.

spot_img
spot_img