15.5 C
fpolis
terça-feira, julho 5, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Após paralisação de duas horas, ônibus voltam a circular normalmente em Florianópolis e região

Após paralisação de duas horas, ônibus voltam a circular normalmente em Florianópolis e região

spot_imgspot_img

Quem tentou usar o transporte coletivo da Grande Florianópolis antes das 6h foi surpreendido por uma paralisação de motoristas e cobradores nesta quinta-feira, 22. O veículos só deixaram as garagens após às 6h.

De acordo com o sindicato da categoria (Sintraturb) a paralisação foi contra a “retirada de direitos do governo Temer”.  A paralisação durou das 4h às 6h, mas os ônibus já estão circulando normalmente.  

Confira o vídeo e a nota divulgada pelo Sintraturb algumas horas antes  da paralisação:

"O GOLPE É CONTRA O POVO E O BRASIL

Os(as) trabalhadores(as) do transporte coletivo da Região de Florianópolis se unem a classe trabalhadora brasileira contra a RETIRADA DE DIREITOS orquestrada pelo governo corrupto e golpista de Michel Temer. Neste dia 22 de Setembro, se inicia a PRIMAVERA BRASILEIRA, brotando um grito: NENHUM DIREITO A MENOS, VIVA A LIBERDADE E A DEMOCRACIA.

Não aceitaremos os projetos que impõem as terceirizações, o contrato de trabalho intermitente e o aumento da jornada de trabalho. Muito menos permitiremos a Reforma da Previdência que aumenta o tempo de contribuição, a idade mínima e dificulta o acesso a benefícios. A CLT já é uma lei de poucos direitos aos trabalhadores, sendo inaceitável a sua destruição com ataques contra o adicional noturno, o 13o salário e as férias, para citar apenas alguns exemplos.

Essas manifestações e paralisações iniciam uma grande luta contra os ataques aos direitos trabalhistas e sociais, contra a liberdade de organização e expressão.

A limitação dos gastos dos futuros governos será diminuição de verbas para serviços públicos essenciais para o povo, como transporte, saúde e educação. Isto será um retrocesso e aumentará o sofrimento da maioria da população.

A entrega do patrimônio público, como o pré-sal, além de enfraquecer a PETROBRAS e o Brasil internacionalmente, retirará ainda mais os investimentos em áreas sociais e de infraestrutura, deixando-nos ainda mais dependentes dos países mais desenvolvidos.

O que estamos vivendo nesse momento é um GOLPE CONTRA O POVO BRASILEIRO, é um golpe contra a democracia, contra o patrimônio público, contra nossa soberania, contra os direitos trabalhistas, contra a aposentadoria dos(as) trabalhadores(as).

O SINTRATURB chama toda a categoria do transporte e toda a população das nossas cidades a estarmos juntos e ocuparmos as ruas para impedir mais esse golpe, enfrentando e parando as reformas que retiram nossos direitos!

Aqui em nosso cotidiano, exigimos a imediata implementação do ESTACIONAMENTO DOS ÔNIBUS JUNTO AO TICEN, compromisso assumido e descumprido pelos patrões e a prefeitura de Florianópolis. Sem onde estacionar os ônibus durante nossos intervalos, ficamos sem o direito, sequer, de poder ir ao banheiro e nos alimentar. Chega!

Nenhum direito a menos!

SINTRATURB – UM SINDICATO DE LUTA!"

spot_img