30.1 C
fpolis
segunda-feira, janeiro 24, 2022
cinesytem

Arte rupestre em exposição no Floripa Shopping

Arte rupestre em exposição no Floripa Shopping

spot_img

Florianópolis possui um dos mais ricos acervos rupestres do mundo, com uma numerosa quantidade de pedras com gravações milenares. Para levar conhecimento da expressão artística e cultural dos povos antigos aos visitantes do Floripa Shopping, o empreendimento expõe telas com artes rupestres, peças arqueológicas e oferece palestras sobre o assunto, de 7 a 12 de outubro

Em parceria com o Instituto Multidisciplinar de Meio Ambiente e Arqueoastronomia (IMMA), o Floripa Shopping realiza um evento que vai mostrar a ligação entre o homem, a natureza e a arte rupestre. Além da exposição de peças, exibição de documentários e palestras, as telas com pinturas rupestres estarão à venda, assim como camisetas e bolsas ecológicas, nas quais o cliente poderá escolher na hora a peça/inscrição rupestre que queira impressa no produto.

Complementando as atividades, o público poderá conferir também a exposição “Paisagens Cósmicas – da Terra ao Big-Bang”, que mostram uma viagem no tempo e no espaço, ricamente ilustrada com imagens de planetas, nebulosas, estrelas e galáxias. “Trata-se de um verdadeiro exercício de arqueologia cósmica”, comenta Michele Montenegro, coordenadora do evento.

A exposição, de 7 a 12 de outubro, ocorrerá no 2º piso, sala 238, próximo à praça de alimentação. Já a palestra, com o tema “O Homem do Sambaqui, O Meio Ambiente e a Arte Rupestre”, será na sala da Associação dos Lojistas do Floripa Shopping. Ministrada pelo antropólogo Adnir Antônio Ramo, a palestra será realizada nos seguintes dias e horários: quinta-feira (8), às 15h, e sexta-feira (9) e sábado (10), às 18h.

Florianópolis – Acervo rupestre

O IMMA é uma ONG, com sede na Fortaleza da Barra da Lagoa de Florianópolis, que tem como objetivo o desenvolvimento de atividades educativas, culturais e execução de projetos em sítios arqueológicos e arqueoastronômicos visando à proteção dos monumentos megalíticos, dos sambaquis e da arte rupestre.

Pesquisas desenvolvidas desde a década de 1980 revelaram que a Capital do Estado de Santa Catarina tem um dos mais ricos acervos rupestres do planeta. A numerosa quantidade de pedras com gravações milenares, além de brunidores e monólitos, fez com que os pesquisadores do IMMA, Germano Bruno Afonso, Adnir Ramos e Keler Lucas, definissem Florianópolis como um dos grandes centros rupestres do hemisfério sul.

SERVIÇO

O que: Exposição Arte Rupestre e Arqueoastronomia em Santa Catarina

Quando: De 7 a 12 de outubro

Quanto: Gratuito

Onde: Exposição: sala 238, 2° Piso

Palestras: sala da Associação dos Lojistas do Floripa Shopping

Mais informações: www.floripashopping.com.br // www.immabrasil.com.br

spot_img
spot_img