20.8 C
fpolis
sexta-feira, setembro 24, 2021
cinesytem

Cara a Cara: produção musical e audiovisual catarinense em pauta nas lives com Marcoliva e convidados

spot_img

Cara a Cara: produção musical e audiovisual catarinense em pauta nas lives com Marcoliva e convidados

spot_img

Estão marcadas para as próximas quintas-feiras, 26 de agosto e  2 de setembro, as lives Cara a cara, que colocam em pauta a produção musical e audiovisual catarinense, já que todas as canções do EP Cara a cara – com lançamento próximo – contam com videoclipes. Os eventos marcam a reta final da campanha colaborativa na plataforma  apoia.se para lançamento do EP homônimo, do cantor e compositor de Florianópolis Marcoliva. A meta é arrecadar até 3 de setembro o valor de R$ 21 mil e beneficiar mais de 20 profissionais da cadeia produtiva musical e da comunicação. 

Na primeira live, no dia 26 de agosto, será realizado o lançamento do videoclipe Ou ou, com bate-papo de Marcoliva com o fotógrafo Guto Campos, a cineasta Cláudia Aguiyrre, a cantora Angie Gastambide, a artista Virgínia Alves e os poetas Vinícius Alves e Dennis Radünz.

Já na live Cara a Cara – Dia D, no dia 2 de setembro, Marcoliva propõe conexão por 24h. Será um dia com transmissões ao vivo no café da manhã, no almoço e até no banho (brincadeira). Nos diferentes momentos do dia, o artista vai conduzir uma troca de experiências sobre as etapas do trabalho – da produção a composição, direção musical e produção de audiovisual – entre equipe do Cara a Cara e o público que será convidado a interagir, entrando, de fato, na live.

Marcoliva, multiartista que integra seu trabalho com diversas linguagens como a literatura, a cultura popular e a cerâmica, lançou seu primeiro trabalho solo em 2020 – Todos os Santose parte o segundo voo com Cara a cara. Ambos EPs nasceram em meio a Pandemia. 

Cara a cara

O EP é composto por seis canções que carregam o conceito do não eu (não ausência de si mesmo mas a importância de olhar para o outro) e passeiam pelos ritmos Samba e Bossa Nova, Pop, Milonga, Baião e Balada, apresentadas de forma não convencional e com forte carga poética. 

Ou ou fala da finitude da vida; Chiaroescuro, do desejo de estar perto e do distanciamento de quem se ama; Acalanto faz refletir sobre olhar para si; Girassol de Julia é sobre a flor que floresce, que traz esperança;  Lixo, o Que?, sobre o lixo de forma literal e do lixo humano; e, por fim, Cara a cara fala sobre empatia, sobre abertura para se ver no outro.

Em todas as canções, o foco é a linguagem e a desconstrução da mesma. Por esse motivo, elas não têm introdução, refrão e são mais curtas. 

“Eu estou desvelando o que está por trás, a partir da própria palavra”, diz Marcoliva. 

Rafael Calegari, diretor musical do EP, conta que o norte para a instrumentação do Cara a cara foi uma concepção moderna e pensar fora da caixa, buscando arranjos minimalistas para destacar a letra e a poesia.

“Temos um samba e não usamos elementos tradicionais como o cavaquinho e o pandeiro, por exemplo. A gente fez um samba com cajon, contrabaixo acústico e guitarra, que não é tão usual na forma convencional de se fazer samba. Não usamos bateria neste disco, então criamos padrões pops com a percussão – timbal, surdo virado e moringa”, afirma.

A força das parcerias

O EP Cara a cara celebra os encontros e “tem sabor das trocas artisticas”. Com direção musical de Rafael Calegari, tem a parceria ( nas letras) de Milu Leite em Acalanto para o Coração; de Dennis Radünz e Vinícius Alves em Ou ou; de Aline Maciel em Chiaroscuro, que também participa cantando; e de Christian Von Koenig em Girassol de Júlia. Conta ainda com a participação vocal de Silvia Abelin. A cantora Angie Gastambide fez um trabalho de voice coach com o elenco e participa em uma das faixas. 

Outros profissionais que contribuíram com projeto são Natália Seeger e Blandnoa, com figurino; Denilson Antônio, com o cenário; Monica Kukulka, com a direção cênica; Cláudia Aguiyrre, Juliana Antonello, Isabella Graça e Stewart Polo com criações  audiovisual; Guto Campos com imagens e fotografias; Stella Machado com maquiagem; Leo Seconatto, com a identidade visual; Eduardo krziminski com arte gráfica; Lacerda Music e Rafael Calegari com os os estúdios; e o Selo Café Maestro. Diálogo constante e ajuda na concepção geral de Concetta Esposito. A produção executiva é de Davi Tekle.

Lives Cara a Cara, com Marcoliva e convidados

26/8, quinta, 20h: Live Cara a Cara – lançamento do videoclipe Ou ou

2/9, quinta, o dia todo: Live Cara a Cara – Dia D

Onde: https://www.instagram.com/marcoliva7/

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img

Leia mais