25.9 C
fpolis
quarta-feira, dezembro 1, 2021
cinesytem

Cerimônia em Florianópolis marca troca de comando na Polícia Militar de Santa Catarina

spot_imgspot_img

Cerimônia em Florianópolis marca troca de comando na Polícia Militar de Santa Catarina

spot_img

O coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior assumiu, na manhã desta quinta-feira, 22, no Centro de Ensino da Polícia Militar de Santa Catarina, em Florianópolis, o comando geral da instituição.

Com foco na atuação forte da polícia, especialmente nos locais onde o crime provoca uma maior sensação de insegurança, o novo comandante afirmou que não irá faltar empenho e comprometimento para reduzir índices de violência em Santa Catarina. "Nossas ações serão sempre no princípio da cidadania, da legalidade. O trabalho nas ruas, com parcerias, é que vai trazer os resultados práticos na redução da criminalidade”, apontou Araújo Gomes.

Ao deixar o comando geral da Polícia Militar, o coronel PM Paulo Henrique Hemm, que esteve à frente da instituição durante os últimos três anos, disse que cumpriu a missão doando o máximo de dedicação e responsabilidade. “Cheguei aqui há 38 anos e só posso agradecer por ter alcançado o lugar mais alto da minha carreira com trabalho e prestação de serviço para a sociedade catarinense”, salientou. No mesmo ato, foi empossado o novo subcomandante-geral, coronel PM Cláudio Roberto Koglin.

O novo comandante

Araújo Gomes é oficial da Polícia Militar de Santa Catarina, tendo sido declarado aspirante a oficial em 27 de novembro de 1987 e promovido a coronel, o último posto da carreira dos oficiais de PM, em 31 de janeiro de 2016. Exerceu o cargo de subcomandante-geral desde 28 de abril de 2017 até a presente data.

Foi condecorado com os brasões de mérito pessoal, medalhas de mérito por tempo de serviço, do Proerd, do mérito da aviação e do mérito policial militar coronel Lopes Vieira.

Exerceu como principais funções a criação e comando do pelotão de paramédicos em Joinville, coordenou programas na área de atendimento pré-hospitalar, resgate veicular e combate à incêndio. Atuou na Defesa Civil catarinense e junto à terceira seção do Estado Maior-Geral. Desempenhou missões oficiais no governo federal, no Estado do Rio de Janeiro e no Pará, junto aos ministérios da Justiça e Integração Nacional. Participou da comitiva brasileira que definiu a estratégia internacional de redução de desastres (Marco de Hyogo) no fórum mundial da Organização das Nações Unidas (ONU) no Japão e atua como pesquisador no Centro Universitário de Estudos sobre Desastres da UFSC. Comandou o 4º Batalhão de Polícia Militar, em Florianópolis, e a 11ª Região de Polícia Militar Aérea da Grande Florianópolis.

As informações são da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado.

spot_img
spot_img