28 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Com nomes de peso, 3º Fórum Liberdade e Democracia acontece em março na Capital

spot_img

Com nomes de peso, 3º Fórum Liberdade e Democracia acontece em março na Capital

spot_img

Maior evento de discussões sobre economia, política e sociedade de Santa Catarina tem como tema neste ano "A Hora de Realizar o Brasil". O Fórum levanta questões desafiadoras e vai em busca de respostas para o país que os brasileiros querem daqui para frente.

Como desenvolver as cidades sem destruí-las? A pergunta, provocativa, é uma das que serão respondidas no 3º Fórum Liberdade e Democracia. O evento, organizado pelo Instituto de Formação de Líderes de Santa Catarina (IFL/SC), entidade sem fins lucrativos, irá além nas palestras que ocorrerão dia 16 de março, das 13h às 19h30, no CentroSul, em Florianópolis.

O tema "Hora de Realizar o Brasil" terá entre os palestrantes nomes como o do empresário Jorge Gerdau (presidente do Conselho do Grupo Gerdau), Pedro Malan (ex-ministro da Fazenda), Zeina Latif (economista-chefe da XP Investimentos), Salim Mattar (fundador da Localiza, a mais valiosa rede de locação de automóveis do mundo), Jeffrey Towson (investidor e escritor do best-seller "The One Hour China Book") e Manoel Lemos (sócio do Grupo Redpoints e.Ventures). 

"Temos uma nova oportunidade de parar de olhar para Brasília e começar a olhar para os brasileiros. Tudo o que é pensado, criado e produzido, todas as agruras e alegrias, todo o peso e a leveza da vida passam pelas pessoas", define a presidente do IFL/SC, Giulia Baretta.

O Fórum deste ano tem o propósito de discutir alternativas e propor caminhos para a transformação do país nos próximos quatro anos, formulando um projeto consistente e de longo prazo. A ideia é lançar luz sobre como o contexto institucional tem afetado três esferas de ação da população, que serão divididas em painéis: "Pensar/Inovar", "Construir e Viver nas Cidades" e "Produzir".

Na consolidação do Fórum, haverá uma avaliação sobre "A Arte de Mediar o Poder" com a intenção de dar respostas às demandas expostas ao longo do dia. Respostas! Essa é a palavra que vai nortear os debates e palestras e é o que se espera como resultado do evento.

O Painel 1, "Pensar/Inovar – Os Inimigos das Nossas Ideias", desafia os palestrantes a avaliarem como está desenhado o contexto de incentivos para se pensar e inovar no Brasil. A discussão abordará a importância do livre pensar, da busca por soluções criativas e inovadoras, da visão do erro como parte do processo de aprendizado e, também, analisará localmente a distorção dos incentivos para a cultura de inovação no Brasil.

Como podemos construir e viver em cidades sustentáveis utilizando o mercado como vetor de preservação? A questão é um dos eixos do Painel 2, "Construir e Viver nas Cidades – Desenvolver sem Destruir". A discussão deste painel irá encampar as searas da indústria, tecnologia e turismo, fazendo um escrutínio da relação entre estado e mercado, do impacto das políticas ambientais, da regulamentação nesses setores e no dia a dia das pessoas nas cidades. 

O que deve ser reestruturado nos próximos quatro anos para alavancar o crescimento econômico no país? Quais são as pedras que estão no caminho do empreendedorismo, da indústria e da produtividade? O Painel 3, "Produzir – Quem Move o Mundo", vai tratar deste assunto espinhoso, mas que, assim como os demais, precisa de respostas claras e diretas.

E por falar em respostas, o Fórum deve encerrar com uma resposta política a todas as demandas discutidas. O Painel 4, "A Arte de Mediar o Poder", levará à reflexão sobre o seguinte ponto: isonomia é o grande valor que devemos sustentar. Mestres sobre servos, oficiais do governo sobre cidadãos, países sobre cidades, Brasília sobre os brasileiros. Estas hierarquias congelaram e congelam a sociedade. A arquitetura burocrática e hierárquica das nossas instituições será sustentável até quando? Como vamos nos reinventar na arte de mediar o poder?   

Saiba mais sobre os palestrantes:

Jorge Gerdau: atual presidente do Conselho de Administração da Gerdau. Sob sua liderança, a companhia tornou-se uma empresa internacional. Hoje, possui presença industrial em 14 países, com operações nas Américas, na Europa e na Ásia, as quais somam uma capacidade instalada anual superior a 25 milhões de toneladas de aço. Foi coordenador da Ação Empresarial e participa do Conselho do Movimento Brasil Competitivo (MBC), uma das mais ativas organizações para a busca da execução de reformas estruturais necessárias para o crescimento brasileiro.

Pedro Malan: um dos arquitetos do Plano Real, foi ministro da Fazenda nos dois governos de Fernando Henrique Cardoso. Cursou Engenharia Elétrica pela PUC-Rio e é doutor em Economia pela Universidade de Berkeley. Foi presidente do Banco Central do Brasil e do Conselho de Administração do Unibanco. 

Zeina Latif: economista-chefe da XP Investimentos, mestre e doutora em Economia pela USP, foi economista sênior para América Latina do Royal Bank of Scotland (RBS). Economista-chefe do ING no Brasil, com passagens pelos bancos Real e HSBC, economista sênior da consultoria Tendências e professora do Ibmec. Em 2006, recebeu da Revista Forbes o prêmio Mulheres mais Influentes do Brasil, na categoria Economia, e, em 2008, o prêmio de Melhor Economista-Chefe pela Ordem dos Economistas do Brasil. 

Salim Mattar: fundador da Localiza, empresa locadora de veículos. O empresário mineiro começou sua carreira com seis fuscas usados e financiados, em 1973, e hoje é dono de um império: a maior rede de locação de automóveis da América Latina e mais valiosa do mundo. Recentemente, a Localiza comprou a operação da Hertz no Brasil.

Jeffrey Towson: investidor, professor da Universidade de Pequim e escritor do best-seller sobre a China, “The One Hour China Book”.

Manoel Lemos: sócio do Redpoint e.Ventures, primeiro fundo de venture capital brasileiro patrocinado por empresas do Vale do Silício, junto com Romero Rodrigues (Buscapé). Anteriormente, foi Chief Digital Officer da Abril Media, o segundo maior conglomerado de mídia no Brasil, co-fundador da WebCo e fundador do BlogBlogs. Formou-se em Engenharia da Computação pela Unicamp com extensões pelo Sloan Business School do MIT, Harvard e University of California Berkeley. 

Sobre o Fórum 

O Fórum é realizado em todos os estados onde existe o Instituto de Formação de Líderes. Começou em Minas Gerais em 2010 e se espalhou pelo país. O evento tem por objetivo analisar questões sociais, políticas e econômicas por meio de amplo debate de opiniões, bem como da proposição de caminhos alternativos em direção a uma sociedade mais livre e próspera. Com foco numa nação plural e livre, o Fórum fomenta a cultura e a educação no Brasil.

Serviço

O quê: 3ª Edição do Fórum de Liberdade e Democracia: "A Hora de Realizar o Brasil";

Quando: 16 de março (sexta), das 13h às 19h30;

Local: CentroSul, Avenida Governador Gustavo Richard, 850, Centro, Florianópolis;

Inscrições: primeiro lote R$ 55 (inteira), segundo lote R$ 70 e terceiro lote R$ 85, no site www.forumliberdadeedemocracia.com;

Mais informações: www.forumliberdadeedemocracia.com e www.facebook.com/forumliberal

spot_img
spot_img