20.4 C
fpolis
quarta-feira, julho 6, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Cesta básica tem queda de 6% na Capital

Cesta básica tem queda de 6% na Capital

spot_imgspot_img

Redução no preço da carne e do feijão puxou índice para baixoA queda dos preços do feijão, da carne bovina e do arroz, itens tradicionais na mesa do brasileiro, foi decisiva para o recuo no valor médio da cesta básica na maioria das 17 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em março.

Florianópolis seguiu a tendência nacional, com redução de 6,04% no preço dos produtos. O feijão mostrou queda em todas as capitais. As taxas negativas variaram de 6,47%, em Brasília, a 22,89%, em São Paulo.

– A boa safra já colhida e as perspectivas positivas para a segunda safra forçaram o barateamento – justificaram os técnicos do Dieese.

No caso da carne bovina, influenciada, segundo a instituição, principalmente pela redução do crédito para as exportações por conta da crise internacional, o preço apresentou recuo em 16 capitais com destaque para as baixas de Vitória (17,21%), Florianópolis (12,46%), Belo Horizonte (11,11%) e Brasília (10,62%).

O preço do arroz mostrou queda em 14 capitais também em virtude da safra.

Arroz teve alta de 2,8%, destoando da tendência

Conforme o Dieese, os destaques ficaram por conta de Vitória (-10,95%) e Goiânia (-8,82%), enquanto três capitais tiveram o valor do item em alta: São Paulo (7,65%), Florianópolis (2,8%) e Recife (0,97%).

Outro produto básico, o óleo de soja teve queda em 11 localidades entre fevereiro e março, especialmente em Belém (-4,33%) e Porto Alegre (-3,83%). Entre as seis capitais onde houve aumento, destacam-se Curitiba (4,71%) e Goiânia (3,43%). No caso do pão, dentre as dez capitais com retração, as mais significativas ocorreram em São Paulo (-11,76%) e Brasília (-5,48%), enquanto Belém (7,43%) e Vitória (6,26%) registraram as maiores taxas positivas. Já o tomate teve redução em seus preços em dez localidades, em especial em Aracaju (-24,73%) e Brasília (-20,62%). Foram observadas, no entanto, taxas positivas em São Paulo (21,99%), Goiânia (14,51%) e Porto Alegre (10,50%).

Os números – Valor da cesta nas capitais

Porto Alegre – R$ 238,73
Rio de Janeiro – R$ 228,15
São Paulo – R$ 221,90
Vitória – R$ 217,91
Brasília – R$ 217,50
Manaus – R$ 216,27
Florianópolis – R$ 214,20
Curitiba – R$ 210,56
Goiânia – R$ 209,21
Belo Horizonte – R$ 206,59
Belém – R$ 203,04
Salvador – R$ 193,41
Natal – R$ 191,73
Fortaleza – R$ 179,20
Recife – R$ 175,48
João Pessoa – R$ 174,72
Aracaju – R$ 167,37

spot_img

Leia mais