23.2 C
fpolis
terça-feira, abril 23, 2024
Cinesystem

Ciclo de discussão sobre práticas artísticas

spot_img

Ciclo de discussão sobre práticas artísticas

spot_imgspot_img

Encontros com artistas, curadores e teóricos acontece dia 10/07 no Museu Hassis, de Florianópolis.

Através de encontros com artistas, curadores e teóricos o Ciclo de Discussões sobre Práticas Artísticas que acontece em Florianópolis/SC, busca desenvolver e aprofundar a idéia da expansão da prática do artista relacionando vários fatores e pensamentos para potencializar as ações desenvolvidas e de alguma forma “forçar os limites da permissividade do circuito”.

As práticas artísticas, iniciativas e ou projetos de artistas, podem ser denominados, por aqueles que desenvolvem estratégias colaborativas de funcionamento por meio de diversas ações que configuram, constituem e articulam as esferas do circuito. Isto é, são pessoas que além, de exercerem suas atividades individuais no campo da arte, colocam-se questões pertinentes para praticar ações coletivas e outras funções dentro do sistema de arte, como projetos de curadoria, critica de arte, coordenação de espaços de arte, edição de publicações, projetos colaborativos e etc.

O primeiro Ciclo de Discussões ocorreu em janeiro de 2007, com a artista convidada (que se encontrava na Residência Capacete no Rio de Janeiro), Roseline Rannoch de Berlim, coordenadora do espaço de arte Montgomery, na Alemanha. Em junho do mesmo ano de 2007, ocorreu o segundo Ciclo focando o pensamento de Jacques Ranciére, “Práticas Políticas no Campo Estético”, no qual participaram 3 projetos de artistas da cidade de Florianópolis, evidenciando as ações de cada iniciativa, envolvendo questões que expandem a cena artística local e que proporcionam novas perspectivas da atuação artística na cidade, são eles: Ateliê Arco de Roberto Freitas, Espaço Contramão (das artistas Adriana Barreto, Bruna Mansani e Tâmara Willerding) e Traplev Agenciamentos.

O terceiro Ciclo de Discussão que evidencia a reflexão sobre “arte, artistas, curadores, público e o circuito institucional” surge de uma cooperação com o Museu Hassis, para dar continuidade às reflexões dos Ciclos anteriores, possibilitando o encontro e participação de Helmut Batista, coordenador do Capacete Entretenimentos (RJ), Orlando Maneschy artista/curador e pesquisador radicado em Belém do Pará . Neste encontro, cada convidado apresentará seus trabalhos e posteriormente através de um debate com mediação de Roberto Moreira Junior se possibilitará o diálogo e discussão com o público presente.

Maiores informações: Museu Hassis (Rua Luis da Costa Freysleben, 87, Itaguaçu, Florianópolis/SC). Fone: (48) 3348-7370

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img