21.9 C
fpolis
sábado, abril 13, 2024
Cinesystem

Cidade contada volta com Jair Francisco Hamms

spot_img

Cidade contada volta com Jair Francisco Hamms

spot_imgspot_img

A Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC), no próximo dia 5, às 19h00, retomará as edições mensais do projeto Cidade Contada, tendo como convidado o escritor Jair Francisco Hamms. Criado em 2008, consiste na leitura de contos de autores expressivos da literatura local relacionados ao espaço urbano e à paisagem natural. São narrativas de ficção sobre ícones da cultura material e imaterial, como os patrimônios arquitetônicos e os costumes e tradições dos habitantes da Ilha de Santa Catarina.

Simultaneamente, é apresentado um material audiovisual sobre o tema abordado, com música, documentos históricos e fotografias garimpadas no acervo do Banco de Imagens Sylvio Ferrari, que pertence ao centro de pesquisa e documentação da cidade. Em seguida, é aberto o diálogo entre a platéia e o público.

Os encontros são gratuitos e ocorrem sempre na Casa da Memória, na noite de uma terça-feira do mês. Segundo o idealizador e curador do projeto Dennis Radünz, que também responde pela Coordenadoria de Patrimônio da FCFFC, “o evento aproxima a literatura da memória afetiva das pessoas”.

Autores

A estreia ocorreu em março do ano passado, com o escritor Salim Miguel, que fez a leitura do conto “Mistério no Miramar”. Na sequência, participaram Silveira de Souza (“Janela de Varrer”), Flávio Jozé Cardoso (“Perturbação do Rapaz das Louças”), Adolfo Boos Jr. (“Presépio”), Eglê Malheiros (“Resquiescat in Pacem” – Descanse em Paz), Amílcar Neves (“Verônica na Praça”), Sérgio da Costa Ramos (“A Ilha é Mulher”), Raul Caldas Filho (“A Passageira”) e Oldemar Olsen Jr. (“Vinte Anos Depois”) – sendo este o último, em novembro de 2008.

Nesta décima edição, a primeira de 2009, o Cidade Contada receberá Jair Francisco Hamms para ler o relato inédito “O Mestre Burle Marx e Eu devorando Quibes”, acompanhado da projeção de imagens de diversas épocas do aterro da Baía Sul e do campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Nascido em Florianópolis em 1935, Hamms formou-se em direito, atuou no magistério superior e na publicidade. É autor de “Estórias de Gente e Outras Histórias”, crônicas (1971); “O Vendedor de Maravilhas”, crônicas (1973); “O Detetive de Florianópolis”, crônicas (1984); “A Cabra Azul”, crônicas (1985); “Santa Catarina, um Caleidoscópio Étnico”, ensaio (1995): “Samba no Céu”, contos e crônicas (2003).

Casa da Memória
Rua Padre Miguelinho, nº 58 – centro – fundos da Catedral Metropolitana
Informações: (48) 3333-1322

Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC)

(48) 3324-1415 – ramal 213 ou 9972-0991

www.pmf.sc.gov.br/franklincascaes

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img