19.1 C
fpolis
quarta-feira, julho 6, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Copa Veleiros começa só para barcos pouco velozes

Copa Veleiros começa só para barcos pouco velozes

spot_imgspot_img

A Copa Veleiros de Oceano começa de um jeito diferente em 2009. Amanhã (sábado) e domingo apenas os barcos da classe RGS C estarão na raia de Jurerê, correndo as quatro regatas de Mini-oceano, que corresponderão à primeira e segunda etapas da Copa para esses veleiros. Com a mudança, as tripulações desses barcos pouco velozes não precisarão cumprir os trechos mais longos, de Florianópolis até Balneário Camboriú e Itajaí, em setembro e outubro. “É um grande avanço, já que poucos competidores da RGS C se inscreviam para esses percursos e acabavam prejudicados na pontuação geral da Copa”, esclarece o vice-comodoro de Eventos, Rogério Capella.

Um dos mentores da mudança foi o próprio campeão da RGS C ano passado, Maurity Borges Júnior, comandante do atual Neon II, que em 2008 se chamava Tamuré IV (foto), um veleiro de 21 pés que penava para completar os longos percursos. “Além de sofrermos muito, chegávamos bem depois dos outros, atrasando demais o fim das regatas longas. Agora, com a criação das de Mini-oceano, os que sempre disputam a Copa estão livres do sofrimento e o número de participantes na categoria deve aumentar, tornando a competição ainda mais disputada”, espera Maurity.

Como estão restritas à RGS C, as duas novas etapas devem reunir cerca de dez barcos largando às 12 horas, tanto de sábado como de domingo, para duas regatas de barla-sota por dia. Ainda no domingo haverá a cerimônia de premiação dos três primeiros colocados. Depois das regatas de Mini-oceano, esses veleiros da RGS C se unirão aos das classes ORC Internacional, ORC-CLUB, RGS A, RGS B e Cruzeiro para a Regata Família Gondin, dia 14 de março, a primeira etapa da Copa para barcos maiores e terceira para os de Mini-oceano.

spot_img

Leia mais