23.3 C
fpolis
sexta-feira, dezembro 3, 2021
cinesytem

Cristiane Inokuma expressa admiração por Florianópolis na mostra “Duplicidade”

spot_imgspot_img

Cristiane Inokuma expressa admiração por Florianópolis na mostra “Duplicidade”

spot_img

Florianópolis comemora 287 anos no próximo dia 23. Em homenagem a bela Ilha da Magia, o Espaço Cultural da Megastore da Livrarias Catarinense, em Florianópolis, promove durante todo o mês de março a exposição Duplicidade, assinada pela artista plástica Cristiane Inokuma.

A mostra, composta por cinco telas desenvolvidas sob as técnicas de desenho a lápis aquarela e pastel seco e tinta acrílica sobre tela, retratam a Capital de Santa Catarina com foco nos detalhes que muitas vezes, passam despercebidos por seus habitantes no dia a dia.

Os tradicionais (e centenários) postes dispostos em diversas ruas do centro histórico são as estrelas da tela “Século das Luzes”. Juntas, lado a lado, formam uma graciosa composição em preto e branco.

As treliças das janelas dos casarões dão vida à obra “Vista Entreliçada”, que dá vistas para um cenário em branco – no qual o espectador pode projetar, mentalmente, qualquer um dos inesquecíveis cenários da Ilha. A beleza da renda de bilro, tamanha sua riqueza de detalhes, teve que ser desdobrada em um conjunto de três telas, intitulado “Rendeiras”.

O vento sul (morador onipresente de Florianópolis), também teve sua importância devidamente transformada em arte no quadro “Rua dos Moinhos de Vento”. Outra figura tradicional da Capital (principalmente nos gelados dias de inverno), a tangerina, é a estrela da sequência de cinco telas chamada “Tangerinas”.

Segundo a artista plástica Cristiane Inokuma, “Duplicidade” traz na essênciaa percepção singular que cada pessoa tem do mundo que o cerca. “A imagem é algo intrinsecamente ligado ao ser humano. Percebe-se o mundo através de imagens, e por elas somos cercados, de forma reflexiva. Recrio imagens do que já vi, tendo como variável o que guardo na memória. Desta mistura originam-se novos registros, novas janelas, novos horizontes e, por fim, novas imagens”, afirma Cristiane.

Sobre a artista

Cristiane Inokuma iniciou sua formação em Artes Plásticas (bacharelado) na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) em Florianópolis, terminando a graduação no Centro Universitário de Maringá, em 2009. Integra desde 2007 o Grupo APIS da Universidade Estadual de Maringá, através da extensão, coordenada pela professora e artista plástica Tania Machado.

Cristiane pesquisa e experimenta por meio do desenho e da pintura os limites da representação visual. Tendo como conceito a concepção da imagem em sua natureza dupla, submete os elementos constituintes na construção de uma imagem a uma nova configuração, levando as formas racionalizadas e convencionadas aos domínios da memória e da percepção, que por sua vez criam, moldam e devolvem as imagens ao espaço da representação.

Em 2011, a artista participou da exposição coletiva As Cidades e a Memória: invisibilidades na poética de Ítalo Calvino, e realizou em 2012 sua primeira mostra individual, intitulada Mundo das Ideias – duplicidade da imagem, ambas realizadas no Museu de História e Arte Héleton Borba Cortês, em Maringá (PR).

Serviço

Exposição “Duplicidade” – homenagem aos 287 anos de Florianópolis

Onde: Espaço Cultural da Megastore da Livrarias Catarinense – rua Felipe Schmidt, nº 60, Centro, em Florianópolis.
Quando: De 01 a 30 de março,
Segunda a sexta-feira – 9h às 20h | Sábado – 9h às 16h
Quanto: Gratuita
Informações: (48) 3271.6001 | www.livrariascatarinense.com.br

spot_img
spot_img