19.4 C
fpolis
quarta-feira, maio 25, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Empossada a nova diretoria do Instituto de Formação de Líderes de Santa Catarina

spot_img

Empossada a nova diretoria do Instituto de Formação de Líderes de Santa Catarina

spot_imgspot_img

Ela tem 26 anos, é engenheira mecânica, e acredita nos valores da liberdade e do empreendedorismo. Seu nome é Giulia Baretta e desde segunda-feira (08/04) é a nova presidente do Instituto de Formação de Líderes de Santa Catarina. No discurso de posse, Giulia adiantou que o foco da nova gestão “é expandir o trabalho do IFL, engajando jovens e empreendedores catarinenses nos debates mais expressivos para a sociedade”. 

O Instituto tem como base os valores da  liberdade individual, do livre mercado, do respeito à propriedade privada e ao Estado Democrático de Direito. Além disso, promove uma extensa rede de relacionamento e oferece uma formação diferenciada aos jovens empreendedores em formato de cursos, palestras, debates, leituras e encontros com personalidades.

Em 2016, a entidade realizou 42 eventos. O mais expressivo deles ocorreu em março, com a 2ª edição do Fórum Liberdade e Democracia – o maior evento econômico de Santa Catarina – que reuniu os principais intelectuais liberais do país, além de ativistas estrangeiros. Participaram mais de 650 pessoas de toda a região Sul.   

Nova diretoria que tomou posse na segunda-feira (foto: Fernando Evangelista)

Posse 

A cerimônia de posse desta segunda-feira ocorreu no auditório do Trompowsky Corporate, no centro de Florianópolis.  Antônia Tallarida Martins, ex-presidente do Instituto de Formação de Líderes de São Paulo, foi uma das palestrantes da noite. Ela ressaltou o sucesso do Instituto catarinense que, em pouco tempo, angariou centenas de associados, promoveu dois Fóruns e tem promovido e influenciado o debate no Estado.

Outro palestrante convidado, Luiz Gonzaga Coelho, empresário, diretor do Hospital S.O.S.Cardio e Cônsul Honorário da Suíça em Florianópolis, foi o último a falar. Além de ressaltar a importância do IFL e de fazer um breve relato sobre sua trajetória, Coelho disse que é cada vez mais importante os defensores da liberdade se manifestarem publicamente: “Temos que falar sobre o liberalismo sem medo, com coragem e entusiasmo”. 

De acordo com Bruno Souza, ex-presidente do Instituto, a entidade surgiu em Santa Catarina com objetivo de estudar e propor alternativas econômicas, políticas e sociais para enfrentar os desafios da atualidade. “O nosso lema é espalhar ideias por meio de um debate aprofundado e produtivo”, afirma.

Conheça um pouco mais sobre o IFL/SC:

MISSÃO: Formar lideranças comprometidas com a construção de um Brasil verdadeiramente livre, democrático e próspero. Promover o respeito à liberdade individual, à iniciativa privada, à propriedade e ao Estado de Direito.

VISÃO: Ser referência catarinense e nacional em formação de lideranças com base nos princípios e valores das ideias da liberdade.

VALORES: Liberdade; Responsabilidade individual; Estado de Direito; Propriedade Privada.  

OBJETIVOS: Analisar problemas e questões da sociedade, discutindo alternativas e fornecendo sugestões para o equacionamento de tais assuntos; Orientar-se para a defesa e a manutenção dos valores da economia de mercado e da livre iniciativa; Fomentar a formação de seus participantes, dentro dos princípios da boa ética; Promover o relacionamento de seus associados com os segmentos culturais e econô

Texto: jornalista Fernando Evangelista

spot_img