20.3 C
fpolis
sexta-feira, janeiro 28, 2022

Empresas de Florianópolis apoiam a Hora do Planeta

Empresas de Florianópolis apoiam a Hora do Planeta

spot_img

O movimento ocorre no próximo sábado, 27, entre às 20h30 e 21h30

Consciência mundial ao combate do aquecimento global. Essa é a bandeira defendida globalmente pela Rede WWF através do movimento a Hora do Planeta. Entre às 20h30 e 21h30 do próximo sábado, 27, pessoas, empresas, comunidades e governo estão sendo convidados a apagarem as luzes.

A Hora do Planeta começou em 2007, apenas em Sidney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades participaram. No ano passado, quando o Brasil participou pela primeira vez, o movimento superou todas as expectativas. Centenas de milhões de pessoas em mais de 4 mil cidades de 88 países apagaram as luzes.Saiba mais sobre a Hora do Planeta – http://www.horadoplaneta.org.br/

Capital Catarinense participará pela segunda vez do movimento “Hora do Planeta”

No sábado, 27 de março, entre 20h30 e 21h30 (hora de Brasília), o Brasil participa oficialmente da Hora do Planeta e a cidade de Florianópolis também fará sua parte. Dois monumentos terão as luzes apagadas. A Praça XV e a Ponte Hercilio Luz. Das moradias mais simples aos maiores monumentos, as luzes serão apagadas por uma hora, para mostrar aos líderes mundiais a preocupação com o aquecimento global.

Segundo informações do portal intitulado com mesmo nome, ‘A Hora do Planeta’ começou em 2007, apenas em Sidney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades participaram. No ano passado, quando o Brasil participou pela primeira vez, o movimento superou todas as expectativas. Centenas de milhões de pessoas em mais de 4 mil cidades de 88 países apagaram as luzes. Monumentos e locais simbólicos, como a Torre Eiffel em Paris, o Coliseu em Roma, a Times Square em Nova Iorque, Cristo Redentor no Rio de Janeiro, o Congresso Nacional em Brasília, a Ponte Hercílio Luz em Florianópolis e outros ficaram uma hora no escuro. Além disso, artistas, atletas e apresentadores famosos ajudaram voluntariamente na campanha de mobilização.

Em Florianópolis o Prefeito Dário Berger e o Diretor Superintendente da Fundação Municipal de Meio Ambiente Gerson Basso, ficaram responsáveis pelo cumprimento do Termo de Adesão.

Até o momento, 15 capitais das cinco regiões brasileiras já confirmaram apoio ao ato simbólico. Esse número já superou a marca do ano passado. Como forma de mostrar ao mundo a preocupação com o desmatamento, a degradação dos ecossistemas e as mudanças climáticas, o principal monumento da cidade será apagado no Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP, Vitória/ES, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Goiânia/GO, Curitiba/PR, Porto Alegre/RS, Fortaleza/CE, Recife/PE, São Luis/MA, Manaus/AM, Palmas/TO, Rio Branco/AC e Belém/PA.

Apesar do governo catarinense não ter se manifestado até o momento, várias empresas da Capital e do Estado estão abraçando a causa. A Unimed Grande Florianópolis está divulgando a ação para seus diferentes públicos. Como os prontos atendimentos não podem participar e os outros estabelecimentos da empresa não têm expediente no horário da paralização, a Cooperativa convida seus médicos cooperados, colaboradores, clientes e parceiros a participarem da iniciativa. No sábado, os colaboradores receberão mensagem via celular lembrando os da hora de desligar as luzes.

Recursos tecnológicos são utilizados para contribuir com a Hora do Planeta. A TIM, que, além de convidar mais de 2,3 milhões clientes no Estado, também está patrocinando o movimento no Brasil e já confirmou a escuridão em suas empresas em mais de 12 cidades em todo Brasil. Em Florianópolis ficarão às escuras as empresas localizadas na Avenida Marechal Câmara, no centro da cidade sentido Shopping Beiramar, e na Rodovia Ademar Gonzaga, na SC 404.

O Floripa Shopping também apoia a iniciativa. Além de enviar e-mail marketing aos clientes e lojistas para aderirem ao movimento, o shopping participará na prática, desligando parcialmente as luzes externas do empreendimento. É por essas e outras ações, que o Floripa Shopping conquistou a ISO 14001 no ano passado, tornando-se o único shopping do Sul do Brasil a obter a qualificação, considerada uma das mais importantes certificações ambientais, com padrão internacional.


spot_img
spot_img