19.1 C
fpolis
quarta-feira, julho 6, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Figueirense acredita no segundo turno do Campeonato Catarinense

Figueirense acredita no segundo turno do Campeonato Catarinense

spot_imgspot_img

Determinação e luta: palavras de ordem para o segundo turno

Depois de iniciar de forma pouco expressiva a sua participação no Campeonato Estadual, a equipe do Figueirense mais uma vez remontou o histórico de força e superação, tão tradicionais na sua história, e com o apoio da nação alvinegra mostrou uma nova postura em campo, conquistando pontos importantes nas últimas quatro partidas da competição, onde manteve a invencibilidade.

Se no início do primeiro turno do Campeonato Catarinense a equipe do Figueirense superou desafios como: o entrosamento do elenco muito modificado com relação ao ano anterior, a adaptação dos atletas que vieram das categorias de base, a troca de comando da equipe, e lesão de jogadores importantes, conseguindo se recuperar na competição, terminando com 14 pontos de 27 disputados, a ordem no segundo turno é manter o mesmo espírito de luta em campo.

Um dos responsáveis pela mudança de postura da equipe, o treinador Márcio Goiano, que desde que assumiu o comando técnico se mantém invicto, já começa a projetar o grupo para o segundo turno. Depois de assegurar que não serão feitos cortes no elenco, ele que está tendo um bom período para trabalhar taticamente e tecnicamente os jogadores, observou que o último coletivo foi muito produtivo para avaliação dos atletas que não vinham sendo aproveitados.

“Tive oportunidade de ver alguns jogadores na partida com o Criciúma, como o Marcinho, o Renê, e o próprio Juninho atuando em outra função, e isso também foi muito produtivo no último coletivo. O objetivo no momento não é que saiam jogadores e sim dar condições para os que estão aqui, observando-os e dando ritmo de jogo a eles” – disse.

Márcio que sempre acreditou na qualidade do elenco, confessa que esse tempo está sendo necessário para analisar todos os jogadores colocando em prática seu sistema de trabalho. “O objetivo é que a gente possa fazer uma análise bem justa para que possamos formar um grupo forte”.

Ele que diz não ter ficado satisfeito com o fato de não ter terminado entre as quatro melhores equipes do turno, ressalta de forma positiva a recuperação do time. “Eu mostrei que estava satisfeito em função da recuperação dos atletas em campo por mostrarem para eles mesmos que tinham condições de estar em uma situação melhor” – disse.

Com a confiança da nação alvinegra, Goiano espera que para o segundo turno o grupo tenha a missão de manter o mesmo espírito de luta e determinação dos últimos jogos, acreditando que o importante é não perder o foco e dando todas as condições de trabalho para que eles continuem desempenhando bem seus papéis em campo. “O mais importante é qualificar e melhorarmos, pois o Figueirense é grande e tem seus objetivos para o segundo turno. Temos que buscar e qualificar os jogadores para que eles possam fazer o melhor daqui para frente porque você tem que ter objetivo, tem que ter metas para chegar em algum lugar” – finalizou.

Além da determinação do elenco para a próxima fase do Campeonato Estadual, um ingrediente que estará fora dos gramados poderá ser muito importante para o sucesso do alvinegro na competição. Se na primeira fase, o desafio maior foi vencer longe dos seus domínios, nessa etapa o Figueirense fará cinco partidas no Estádio Orlando Scarpelli,com o respaldo e apoio da sua fiel e apaixonada torcida.

spot_img

Leia mais