Florianópolis, 16 de julho de 2024

Governo do Estado afirma que não vai cobrar pedágio nas rodovias da Ilha

spot_img

Sicoob SC/RS ultrapassa 1,5 milhão de cooperados

O Sicoob SC/RS alcançou em junho 1,5 milhão de...

Vai ter Feira do Rock em Palhoça no final de semana

No mês do rock n’ roll o shopping ViaCatarina...

Com mais de 250 empreendimentos, o Square SC apresenta opção inovadora para as férias da criançada

Empresa Wow Park oferece experiência multissensorial num ambiente inspirador Procurando...

Compartilhe

O governo do Estado não tem projeto nenhum e sequer intenção de instalar praças de pedágio nas rodovias sob seu controle na Ilha de Santa Catarina e nem ativar a praça já instalada na SC 401, garantiu na quinta-feira (25) o engenheiro Nelson Picanço, do Departamento de Infraestrutura (Deinfra) em audiência pública na Câmara de Vereadores de Florianópolis, agendada no âmbito da Comissão de Viação, Obras Públicas e Urbanismo para discutir o projeto de lei 10.154/2003, do vereador Márcio de Souza (PT), que proíbe a cobrança de pedágio em vias públicas no município.

Mesmo antes de chegar ao plenário, o projeto de lei já recebe apoio do poder público. Representantes da Secretaria Municipal da Receita e do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF) destacaram que a prefeitura não tem interesse nos pedágios.

O vereador Dalmo Meneses (PP), que presidiu a audiência, lembrou que já está marcada uma nova discussão, sobre a possibilidade de municipalizar as rodovias do Estado situadas em território florianopolitano.