19.4 C
fpolis
segunda-feira, junho 17, 2024
Cinesystem

Greve do transporte coletivo não afeta coleta de lixo

spot_img

Greve do transporte coletivo não afeta coleta de lixo

spot_imgspot_img

O presidente Ronaldo Freire informa que a Companhia Melhoramentos da Capital (Comcap) tem conseguido manter a regularidade da coleta de resíduos sólidos em Florianópolis apesar da greve no transporte coletivo. Entretanto, os serviços de varrição e capina estão prejudicados, já que a ausência de pessoal em alguns módulos, como os do Centro da cidade chega, a 90% .

De acordo com o gerente em exercício do Departamento de Coleta de Resíduos Sólidos, Hélio Vidal, os roteiros de coleta convencional não sofreram qualquer alteração uma vez que a empresa tem providenciado o transporte dos empregados que não conseguem chegar ao trabalho. A Comcap recolhe, em média, neste período, 350 toneladas/dia. Já na coleta seletiva, como a Comcap tem substituído motoristas e garis, podem ocorrer falhas no cumprimento integral dos roteiros, razão pela qual a empresa pede desculpas aos usuários, mesmo sendo um transtorno involuntário.

A situação é ainda mais complicada no Departamento de Limpeza Pública. A Comcap não está conseguindo manter o padrão da operação de limpeza de equipamentos (papeleiras) e de ruas, principalmente no Centro, reconhece Ronaldo Freire. No setor de varrição, em que trabalham 275 empregados operacionais, nesta quinta-feira, compareceram apenas 25 ( menos de 10%. )“Isso porque fomos buscá-los em casa”, observa o gerente da Divisão Operacional Centro, Ivanildo Francisco Reis. Na capinação, a frequência também caiu, em média, 60% nestes dias de paralisação.

“Estamos concentrando esforços para buscar em casa o pessoal da coleta, já que este é o serviço mais essencial. Esperamos que as pessoas compreendam as dificuldades na limpeza das ruas, portanto, e que colaborem com a manutenção das mesmas”, resume Freire.

spot_img
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img