23.3 C
fpolis
sexta-feira, dezembro 3, 2021
cinesytem

Hospital em Florianópolis promove encontro entre pacientes que receberam doação de córneas

spot_imgspot_img

Hospital em Florianópolis promove encontro entre pacientes que receberam doação de córneas

spot_img

“Consegui ver muitas coisas que não via antigamente e, por incrível que pareça, fiquei feliz em poder ver até as janelas dos prédios a distância”. O relato, que pode soar estranho para quem enxerga bem, é de Matheus Pinheiro da Silva, 18 anos, que hoje vê normalmente. Mas a visão só voltou depois de uma cirurgia de transplante de córnea, que ele fez quando ainda era criança. A perda de visão de Matheus foi causada pelo Ceratocone, doença não inflamatória degenerativa que provoca o afinamento da córnea, a camada mais externa do olho, prejudicando a visão e podendo levar à cegueira. Por isso, na maioria das vezes, a recomendação é a cirurgia de transplante de córnea.

Matheus realizou o transplante aos nove anos e está na estatística das centenas de casos de transplantes de córneas realizados todos os anos em Santa Catarina. Só no primeiro semestre, conforme dados da Central Estadual de Transplantes de Santa Catarina (SC Transplantes), já foram realizados 243 transplantes, somando rede pública e privada.

Um dos centros médicos credenciados pela Central é o Hospital de Olhos de Florianópolis (HOF), que nos últimos cinco anos – entre janeiro de 2014 a agosto de 2018 – já fez 228 procedimentos deste tipo, todos comandados pelo médico oftalmologista Ernani Garcia.

Neste sentido, no Dia Nacional de Doadores de Órgãos, comemorado dia 27 de setembro, e dentro da programação do Setembro Verde, mês de conscientização para a doação de órgãos e tecidos, o HOF vai realizar o I Encontro de Transplantados de Córnea.

O evento, que começa às 15h, terá como convidados cerca de 30 pacientes que hoje veem normalmente graças à cirurgia. No programa, a palestra “A importância da doação de órgãos”, proferida por profissionais da SC Transplantes. O Dr. Ernani Garcia vai ter a oportunidade de rever os pacientes e esclarecer as dúvidas. Será também um momento de troca de conhecimento, para conhecer histórias e aspectos psicológicos de pós-transplante, num bate-papo com o turismólogo Marinho Motta, que também é transplantado. E ainda saber mais sobre a importância da doação de órgãos, além dos cuidados necessários quando se está na fila de espera por um transplante.

Um momento forte, que deve marcar o encontro, será a homenagem que os organizadores do evento farão para uma família que é doadora de órgãos. “É sempre um momento de muita emoção quando ocorre esse encontro”, garante o médico Joel Andrade, coordenador estadual de Transplantes de Santa Catarina.

90 NA FILA DE ESPERA

O número de pacientes com problemas de visão aumenta a cada ano, e os transplantes não crescem na mesma proporção. Em 2017, foram realizados no Brasil aproximadamente 15.000 transplantes de córnea. Santa Catarina está entre os estados que mais realiza o procedimento.

Atualmente, são cerca de 90 pacientes esperando por um transplante de córnea no estado. Para se ter uma ideia da importância da doação de órgãos, um doador que tem morte encefálica salva até 14 vidas. Essa pessoa pode doar as duas córneas, dois pulmões, pâncreas, os dois rins, coração, pele, ossos, entre outros. “É preciso conscientizar. E esse é um dos objetivos do Encontro”, finaliza Ernani Garcia.

PROGRAMAÇÃO

15h – Abertura com Dr. Ernani Luiz Garcia, do HOF

15h15 – Relato sobre a experiência pós-transplante, com o transplantado Marinho Motta

15h40 – Apresentação da logística do HOF para um transplante de córnea, com a enfermeira Mônica Fusari

16h05 – Atividade com psicóloga para discussão de experiências pós-transplante, com a psicóloga Ariana Correa

16h15 – Palestra com profissional da SC Transplantes: “A importância da doação de órgãos e tecidos”

16h40 – Homenagem à Família de Doadores

16h50 – Apresentações musicais de pacientes

17h – Coffee Break de encerramento

SERVIÇO

O QUE? I Encontro de Transplantados de Córnea

QUANDO? Dia 27 de setembro de 2018, a partir das 15h

ONDE? Hospital de Olhos de Florianópolis

spot_img
spot_img