17.3 C
fpolis
quinta-feira, maio 26, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Projeto defende exigência de qualificação para ocupantes de cargos comissionados

spot_img

Projeto defende exigência de qualificação para ocupantes de cargos comissionados

spot_imgspot_img

Estudantes de Administração Pública da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) promovem na manhã desta quarta-feira, 4, um evento de retomada do Projeto Governo Nota 10, que visa sensibilizar atores políticos e sociais para a importância da qualificação profissional comprovada dos ocupantes dos cargos de comissão em suas áreas de atuação. O encontro será no Auditório da Udesc Esag, a partir das 10h30. As informações são da assessoria de imprensa da Udesc. 

A iniciativa mobiliza a turma do quinto termo do curso, ofertado no Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), em Florianópolis, e integra a disciplina de Políticas Públicas, ministrada pelo professor Leonardo Secchi.

No evento desta quarta, serão apresentados o histórico do Projeto Governo Nota 10 e seus objetivos – o encontro terá participação de diferentes apoiadores da iniciativa, idealizada em 2014, por acadêmicos do Mestrado Profissional em Administração da Udesc Esag.

Campanha por regulamentação

Naquele ano, 17 alunos da disciplina de Policy Advocacy, ministrada pelos professores Leonardo Secchi e Leandro Schmitz, lançaram a campanha para motivar o governo estadual a regulamentar a exigência de qualificação técnica e de gestão para o exercício de cargos em comissão, por meio de uma alteração na Lei Complementar 381/2007.

O trabalho naquele semestre incluiu a elaboração de um estudo sobre o tema, a articulação de ações junto à organizações e lideranças políticas e a criação de uma campanha voltada à sociedade, para mobilizar o apoio de cidadãos.

O projeto culminou com a realização do evento Lideranças em prol do Governo Nota 10, no Auditório da Udesc Esag, em junho de 2014, que reuniu integrantes dos poderes executivo e legislativo e de diversas organizações para assinatura de um documento em apoio à campanha.

Neste semestre, os estudantes promovem uma campanha de mobilização popular, com o objetivo de coletar 48 mil assinaturas de eleitores catarinenses, para sensibilizar o governador a elaborar um projeto de lei que imponha requisitos técnicos e gerenciais como critério para preenchimento de cargos em comissão no poder executivo de Santa Catarina.

 

spot_img