13.6 C
fpolis
quarta-feira, agosto 10, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Inventário da Arte Sacra em SC

spot_imgspot_img

Inventário da Arte Sacra em SC

spot_imgspot_img

Concluída primeira etapa de projeto que pretende fichar acervo sacro do estado

Com a proposta de demarcar o valor histórico, artístico e cultural da arte sacra catarinense, está concluída a primeira etapa do Inventário de Bens Móveis Sacros – Imaginária e Pintura. Os detalhes do projeto podem ser conferidos num livreto lançado pela Fundação Catarinense de Cultura, em parceria com o Ateliê de Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis (Atecor). O ateliê, ligado à Diretoria de Preservação do Patrimônio Cultural da FCC, foi o responsável pela execução do inventário, buscando o conhecimento, o registro e a proteção dos bens móveis do acervo sacro reunido nas igrejas tombadas como patrimônio estadual.

A primeira etapa do projeto inventariou 105 obras de quatro igrejas e uma capela dos municípios de Florianópolis, São José e Palhoça. O fichamento é individual e identifica cada obra com o registro de suas principais características e seu estado de conservação, além de um cuidadoso processo de documentação fotográfica. As informações obtidas na avaliação do estado de conservação servem como alerta sobre intervenções indevidas sofridas pela obra e são um instrumento de proteção contra roubo, evasão, destruição e descaracterização desses bens.

Dando continuidade ao projeto, a idéia é que ele se estenda às demais igrejas tombadas do estado dentro dos próximos anos. Santa Catarina possui 26 igrejas e capelas tombadas em 16 municípios. Essas construções foram reconhecidas pelo Tombamento Estadual a partir de 1994 pela Fundação Catarinense de Cultura, por meio da Lei de Tombamento Estadual (Lei nº 5.846, de 22 de dezembro de 1980), por serem consideradas imprescindíveis para a compreensão histórica da ocupação catarinense.

A primeira etapa do inventário segue o trabalho iniciado em 1999 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em algumas igrejas de Florianópolis. O projeto vem somar esforços na criação de subsídios para uma base de dados unificada, que poderá ser alimentada e aprofundada futuramente com a continuidade dos fichamentos.

Obras inventariadas

São José
Igreja Matriz de São José (Centro Histórico): 24 obras

Florianópolis
Igreja da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência (Centro): 26 obras
Igreja de São Francisco de Paula (Canasvieiras): 18 obras
Capela de São João Batista (Rio Vermelho): 15 obras

Palhoça
Igreja de Nossa Senhora do Rosário (Enseada de Brito): 22 obras

spot_img

Leia mais