25.9 C
fpolis
terça-feira, janeiro 25, 2022
cinesytem

Luiz Meira lança CD “Te Chamo Felicidade” em Floripa

Luiz Meira lança CD “Te Chamo Felicidade” em Floripa

spot_img

O violinista, cantor, guitarrista e produtor musical catarinense, Luiz Meira, está lançando seu segundo trabalho solo, intitulado “Te Chamo Felicidade”. Gravado entre novembro de 2008 e junho deste ano, em Florianópolis e no Rio de Janeiro, e mixado em São Paulo, o CD reúne 11 faixas que resgatam o samba-MPB da década de 80. O show de lançamento acontece dia 5 de novembro, no Floripa Music Hall, em Florianópolis.

No disco se destacam as faixas “Pra ficar no ponto” e “Desasado”, esta última com a participação de Zeca Baleiro. Com muito suingue, solos e levadas de violão com sotaque brasileiro, o CD foi produzido pelo próprio Meira em parceria com Marcos Brito, trazendo seis composições próprias e cinco de renomados compositores da MPB. Duas faixas instrumentais mostram a pegada solo deste artista catarinense, que é um dos mais requisitados instrumentistas do País.

Com produção criteriosa das músicas e do encarte que o acompanha, o disco é voltado para os apreciadores da MPB e deve ser lançado ano que vem em países da Europa e no Japão. Em Florianópolis o CD está à venda nas lojas CD Company, Sintonia, People e nas Livrarias Saraiva e Catarinense, inclusive nos sites. Junto com o disco o artista lança, também, seu site (www.luizmeira.com.br).

Um clipe da música “Pra Ficar no Ponto” já está disponível no endereço eletrônico www.youtube.com.br

O artista

Luiz Meira é um apaixonado pela música brasileira. E não podia ser diferente, pois desde muito cedo – aos 13 anos, mais precisamente – iniciou a carreira, conquistando prêmios de melhor instrumentista em diversos festivais de música que explodiram nos anos 80 em Santa Catarina.

Após confirmar sua paixão pela música, a vontade de se profissionalizar o levou à Europa em 1986, onde liderou o “Trio Massa Brasileira”, tocando em países como Espanha e Portugal em parceria com outros músicos brasileiros. Ao retornar para o Brasil mudou-se para o Rio de Janeiro, onde as grandes parcerias iriam aflorar. Um convite do maestro Paulo Moura, em 1990, foi o incentivo que faltava na carreira. A partir daí, importantes parcerias foram formadas com artistas como Sá e Guarabyra, Beto Guedes, Elza Soares, Sandra de Sá, Fátima Guedes, Luiz Melodia, Leny Andrade e Gal Costa, encontro musical que já dura 12 anos.

Em 2001 gravou o CD “Intuição”, primeiro trabalho solo, lançado em algumas capitais brasileiras, além de Espanha, Portugal, França, Alemanha e Itália. O trabalho como músico e arranjador continuou em turnês por vários países da Europa e América Latina, acompanhando outros artistas, e na produção de inúmeros discos de músicos catarinenses.

O ano de 2003 marca a produção como produtor do CD “A Bossa Sempre Nova de Luiz Henrique Rosa”, compositor catarinense radicado nos Estados Unidos que morreu em 1984. Este trabalho contou com a participação de Elza Soares, Sandra de Sá, Luiz Melodia, Bia Krieger (catarinense radicada em Paris), Toni Garrido, Martinho da Vila e Ivan Lins. O CD foi lançado com um grande show em Florianópolis com a presença de alguns destes artistas.

FICHA TÉCNICA

LUIZ MEIRA: voz, violão e guitarra

MARCO BRITO: piano e teclados

NEMA ANTUNES: baixo elétrico

ERIVELTON SILVA: bateria

PIRULITO: percussão

ZECA BALEIRO: participação especial

spot_img
spot_img