21.8 C
fpolis
domingo, outubro 24, 2021
cinesytem

Mais um envolvido no crime da barbearia é condenado à prisão

spot_img

Mais um envolvido no crime da barbearia é condenado à prisão

spot_img

Mais um dos envolvidos no chamado crime da barbearia, acontecido em março de 2013, no bairro Estreito, em Florianópolis, foi condenado à prisão nesta quarta-feira, 5. O homem, que na época tinha 23 anos de idade, vai cumprir pena de 16 anos em regime fechado. As informações são da Assessoria de Comunicação do Ministério Público Estadual (MP-SC).

Na tarde de 18 de março de 2013, o homem e um colega – que em julho de 2014 também foi condenado a 16 anos de prisão – mataram, com um tiro na cabeça, um cliente durante a simulação de um assalto a uma barbearia. Os dois rapazes haviam sido contratados por um terceiro para executar a vítima porque esta era amante da esposa do terceiro.

O condenado desta quarta-feira recebeu um montante em dinheiro para participar do crime. Para a aplicação da pena, o Júri levou em conta o fato de o réu ter sido pago para cometer o homicídio e por não ter dado chance de defesa à vítima, que estava deitada no chão quando levou o tiro.

A ação penal foi ajuizada pelo MP-SC. No julgamento, pelo MPSC, atuou o Promotor de Justiça Wilson Paulo Mendonça Neto e a defesa foi feita pela advogada Lucelene Garcia. A sessão do Júri foi presidida pelo Juiz de Direito Marcelo Pons Meirelles.

Mandante pega 14 anos

O mandante do crime foi condenado a 14 anos de prisão em regime fechado. O julgamento de Janes ocorreu no dia 21 de maio deste ano. Segundo apurou a 36ª Promotoria de Florianópolis, o réu descobriu que sua esposa o estava traindo havia 11 anos.

spot_img
spot_img