18.6 C
fpolis
quinta-feira, setembro 23, 2021
cinesytem

Maricultores e produtores de berbigão recebem nesta terça-feira R$ 1,5 milhão em indenizações

spot_img

Maricultores e produtores de berbigão recebem nesta terça-feira R$ 1,5 milhão em indenizações

spot_img

Os maricultores e os produtores de berbigão afetados pelo vazamento de óleo ocorrido na Baía Sul de Florianópolis, no final de 2012, vão receber nesta terça-feira, 19, a partir das 10h, no auditório da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), indenização total de R$ 1,5 milhão da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), sendo que o valor devido a cada um foi calculado individualmente.

Na semana passada, após o levantamento técnico realizado pela Secretaria da Agricultura e da Pesca e pela Epagri, os 27 maricultores e os 60 produtores de berbigão aprovaram a metodologia utilizada e os valores proposto para indenização.

O secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, reuniu os maricultores e os produtores de berbigão e detalhou a metodologia aplicada, ressaltando que o valor foi calculado com base nos preços agrícolas fornecidos pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Cepa) e levando em conta metade da safra anual.

O levantamento dos prejuízos foi realizado a partir de declarações dos maricultores e produtores de berbigão avaliando os danos na produção e comercialização de ostra e berbigão.

Para analisar a viabilidade técnica do que foi declarado, a Epagri realizou visitas para identificar os produtores e estimar a produção de moluscos retida na água da área embargada pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma), localizada entre a Tapera e o Ribeirão da Ilha.

Os técnicos da Epagri afirmaram que as informações dadas pelos maricultores estão totalmente de acordo com que foi verificado durante as visitas técnicas.

spot_img
spot_img

Leia mais