20.6 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

Meninas de 11 a 13 anos serão vacinadas contra o HPV em Santa Catarina

spot_img

Meninas de 11 a 13 anos serão vacinadas contra o HPV em Santa Catarina

spot_img

Este ano, o Ministério da Saúde vai disponibilizar no Sistema Único de Saúde (SUS) a vacina contra o HPV (papilomavírus humano), vírus que pode causar o câncer de colo do útero. Meninas com idade entre 11 e 13 anos serão vacinadas contra este tipo de vírus na primeira etapa da vacinação, que começa no dia 10 de março. As informaçõe são da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado.

A vacinação contra o HPV será realizada nas salas de vacinação dos postos de saúde e nas escolas públicas e privadas de todo o Estado. Nos postos de saúde, as meninas podem ser vacinadas sem necessidade de autorização ou acompanhamento dos pais ou responsáveis. Nas escolas, caso os pais ou responsáveis não autorizem, devem assinar e encaminhar o termo de recusa.

A vacinação ocorrerá em três etapas:

Primeira dose: ofertada para meninas com idade entre 11 e 13 anos, nas escolas e nos postos de saúde, a partir de março de 2014;

Segunda dose: administrada seis meses após a 1ª dose nos postos de saúde;

Terceira dose: administrada cinco anos após a 1ª dose nos postos de saúde.

As orientações sobre a implantação da vacina contra o HPV no SUS foram repassadas às Gerências Regionais de Saúde e municípios catarinenses esta semana, através de uma videoconferência realizada pela Gerência de Vigilância das Doenças Imunopreveníveis e Imunização (Gevim) da DIVE, vinculada à Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. Durante a videoconferência, as gerências receberam informações essenciais sobre a implantação da vacina e a importância da parceria com as escolas e municípios para que se atinja a meta de imunização.

Câncer de colo do útero e o HPV

O HPV é um vírus que apresenta mais de 150 tipos diferentes. A vacina distribuída pelo SUS é do tipo quadrivalente, que protege contra quatro tipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os vírus HPV 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero.

No Brasil, o câncer do colo do útero é o segundo tipo de câncer mais frequente entre mulheres com 4,8 mil vítimas fatais por ano. Em Santa Catarina, em 2000, o câncer do colo de útero era o quarto mais frequente entre os óbitos femininos. Desde 2012, é a sexta causa de morte entre mulheres.

Apesar da alta incidência, o câncer de colo do útero pode ser prevenido através da vacinação, do uso do preservativo e realização do exame preventivo (Papanicolau). Este exame, segundo o Ministério da Saúde, deve ser realizado regularmente a partir dos 25 anos de idade.
 

spot_img
spot_img

Leia mais