19.6 C
fpolis
terça-feira, setembro 21, 2021
cinesytem

Moradores da Serrinha apresentam reivindicações durante o Prefeitura no Bairro

spot_img

Moradores da Serrinha apresentam reivindicações durante o Prefeitura no Bairro

A 45ª edição do Prefeitura no Bairro, realizada neste sábado, 14,  em Florianópolis os moradores do bairro Serrinha. Uma série de reinvindicações foi apresentada diretamente ao prefeito Cesar Souza Jr., e ao secretariado municipal. As informações são da Secretaria de Comunucação do Executivo Municipal.  

Duas  das questões mais urgente apresentadas pelos cidadãos estiveram nas mãos do coronel José Cordeiro Neto, secretário adjunto de Segurança e Defesa do Cidadão da Capital: a primeira foi a erosão de uma vala que conduz a água servida dos moradores da Servidão dos Lageanos e ameaça tragar as casas à sua margem.

“Quando chove, a gente sente a água rugir na vala e ficamos esperando tudo desabar em cima da gente”, disse Algemiro Bruchez, morador que vive na parte baixa da servidão – e portanto seria o principal atingido em caso de desmoronamento das casas acima da sua – e que foi pedir ajuda ao prefeito.

“Do jeito que está não pode ficar”, atestou o coronel Neto ao visitar o local. Ele prometeu uma vistoria urgente por parte da Defesa Civil municipal para avaliar o risco e, conforme o caso, encaminhar a solução para a  Secretaria de Habitação e Saneamento Ambiental.

Dentre várias reinvindicações, outra que foi solicitada com urgência foi feita por duas mães de alunos da Escola Desdobrada José Jacinto Cardoso, na rua Marcus Aurélio Homem, que reinvindicaram a colocação de um redutor de velocidade diante do colégio municipal, alegando que recentemente ali aconteceu um atropelamento fatal. O prefeito indicou que a situação será resolvida durante esta semana.

Também veio da José Jacinto Cardoso a maior comitiva que se apresentou diante do prefeito: um grupo de alunos e professores foi pedir a ampliação da unidade educacional, portando cartazes de cartolina com os dizeres ‘Precisamos de um refeitório maior’; ‘Precisamos de uma biblioteca maior’; ‘Queremos uma quadra coberta e maior’; ‘Precisamos de salas mais amplas’; ‘Temos poucos bebedouros’; ‘Queremos laboratório de ciências’; ‘Universalização do ensino fundamental – 1º ao 9º ano’.

O secretário de Educação, Rodolfo Pinto da Luz, disse que uma eventual ampliação da escola esbarra num problema: dependeria da compra do terreno ao lado da José Jacinto Cardoso, que pertence a uma construtora.
Os moradores da Serrinha também pediram a amplicação do serviço de coleta seletiva de resíduos, mas, segundo o diretor de Operações da Comcap, Marius Bragnati, as ruas estreitas do bairro dificultam a passagem dos caminhões coletores. Bragnati informou, contudo, que a Serrinha está incluída no programa que vai instalar 790 novas lixeiras no Maciço do Morro da Cruz.

Evento

O Prefeitura no Bairro da Serrinha aconteceu na quadra de esportes da Casa São José, uma ONG de atuação social. O encontro entre a comunidade local e o colegiado municipal foi precedido por uma apresentação de capoeira das crianças alunas de mestre Adão.

spot_img
spot_img

Leia mais