16.9 C
fpolis
sábado, julho 2, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Mostra de produções audiovisuais latino-americanas é realizada no auditório da Reitoria da UFSC

Mostra de produções audiovisuais latino-americanas é realizada no auditório da Reitoria da UFSC

spot_imgspot_img

De 13 a 16 de abril, a Secretaria de Cultura e Arte e os cursos de Cinema e de Jornalismo da UFSC, em parceria com o Itaú Cultural, promovem a mostra ´Visionários – Audiovisual na América Latina`. São 73 filmes e vídeos selecionados por cinco curadores que garimparam criações antológicas e contemporâneas. A mostra, que será apresentada no auditório da Reitoria da UFSC, está organizada em nove programas que exibem um recorte representativo da produção experimental latino-americana.

Os audiovisuais selecionados da Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai são apresentados nos programas ´Relatos na Fronteira` e ´Máquinas e Imaginários`, sob a curadoria de Jorge La Ferla, diretor artístico da Mostra Euro-Americana de Cinema, Vídeo e Arte Digital de Buenos Aires. A produção contemporânea brasileira mais recente é apresentada no programa ´Trópicos Audiovisuais`, de Roberto Moreira S. Cruz, gerente do Núcleo de Audiovisual do Instituto Itaú Cultural desde 2001, onde organiza e coordena projetos nas áreas de cinema, vídeo e televisão.

Os trabalhos experimentais de Cuba, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela são apresentados nos programas ´Estados Alterados` e ´De Domínio Público`, da curadora, jornalista e documentarista Marta Lucía Vélez. As obras da América Central, México e Caribe estão presentes nos programas ´No Zapping` e ´Outras Convergências`, de Elias Levin Rojo, curador de arte eletrônica no México.

Os programas ´Paradigmas do Experimental` e ´Paradigmas da Latinidade` apresentam uma seleção de filmes que são referência na produção audiovisual de 1958 a 1992, e são assinados por Arlindo Machado, que foi Prêmio Líber na última edição do Prêmio Sergio Motta de Arte e Tecnologia.

De acordo com os organizadores a mostra será uma oportunidade rara de entrar em contato com imagens da América Latina que não fazem parte do circuito comercial de distribuição de produtos audiovisuais. Segundo Arlindo Machado, um dos curadores, Visionários é “uma das poucas tentativas de buscar, mapear e sistematizar informações sobre essa produção invisível, mas vigorosa”. O conjunto torna clara a diversidade da cultura audiovisual latino-americana.

Mais informações pelo telefone 3721-9084 com a professora Raquel Longhi.

Visite: www.itaucultural.org.br/visionarios

Serviço:
O que: Mostra Visionários
Quando: 13 de abril: 14 às18h
14 a 16 de abril: 9 às 12h e 14 às 18h
Local: Auditório da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina
Realização:Itaúcultural, em parceria com a Secarte/UFSC, Curso de Jornalismo e Curso de Cinema/UFSC
Apoio: CCE – Centro de Comunicação e Expressão e Reitoria da UFSC
Comissão Organizadora: Raquel Ritter Longhi / Maria de Lourdes Borges / Clélia Mello / Aglair Bernardo /

Programação:

segunda, 13/4
– 14h: Paradigmas do Experimental, antologia histórica selecionada por Arlindo Machado
– 15h: Relatos na Fronteira, seleção de Jorge La Ferla (Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai)
– 16h: Estados Alterados, seleção de Marta Lucía Vélez (Cuba, Equador, Bolívia, Colômbia e Venezuela)

terça, 14/4
– 9h: No Zapping, seleção de Elias Levin Rojo (México, América Central e Caribe)
– 10h30min: Trópicos Audiovisuais, seleção de Roberto Moreira S. Cruz (Brasil)
– 14h: Paradigmas da Latinidade, antologia histórica selecionada por Arlindo Machado
– 16h: Máquinas e Imaginários, seleção de Jorge La Ferla (Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai)

quarta, 15/4
– 9h De Domínio Público, seleção de Marta Lucía Vélez (Cuba, Equador, Bolívia, Colômbia e Venezuela)
– 11h Outras Convergências, seleção de Elias Levin Rojo (México, América Central e Caribe)
– 14h Paradigmas do Experimental, antologia histórica selecionada por Arlindo Machado
– 15h Relatos na Fronteira, seleção de Jorge La Ferla (Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai)
– 16h Estados Alterados, seleção de Marta Lucía Vélez (Cuba, Equador, Bolívia, Colômbia e Venezuela)

quinta, 16/4
– 9h: No Zapping, seleção de Elias Levin Rojo (México, América Central e Caribe)
– 10h: Trópicos Audiovisuais, seleção de Roberto Moreira S. Cruz (Brasil)
– 11h10min: Outras Convergências, seleção de Elias Levin Rojo (México, América Central e Caribe)
– 14h: Paradigmas da Latinidade, antologia histórica selecionada por Arlindo Machado
– 15h10min: Máquinas e Imaginários, seleção de Jorge La Ferla (Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai)
– 16h10min: De Domínio Público, seleção de Marta Lucía Vélez (Cuba, Equador, Bolívia, Colômbia e Venezuela)

spot_img