16.3 C
fpolis
segunda-feira, outubro 18, 2021
cinesytem

Movimento Rosa realiza biópsias para zerar fila e agilizar diagnóstico do câncer de mama na Grande Florianópolis

spot_img

Movimento Rosa realiza biópsias para zerar fila e agilizar diagnóstico do câncer de mama na Grande Florianópolis

spot_img

Ação da Sociedade Brasileira de Mastologia – Regional SC também promove campanha de conscientização em todo o estado 

A segunda edição do Movimento Rosa, promovido pela Sociedade Brasileira de Mastologia – Regional Santa Catarina (SBM/SC), terá como principal foco a solução de um dos principais gargalos no diagnóstico do câncer de mama na região da Grande Florianópolis: a realização de biópsias para pacientes sem convênio médico privado, encaminhadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para o Hospital Regional Homero de Miranda Gomes, localizado em São José. Serão beneficiadas mulheres de 18 municípios, entre 1º de outubro deste ano e março de 2022. Além disso, será promovida uma campanha estadual de conscientização sobre a importância dos cuidados preventivos.

“Vamos zerar a fila de espera”, afirmou Adriana Freitas, presidente da SBM/SC. Serão realizadas biópsias de lesões palpáveis, guiadas por exame físico no próprio hospital. No caso das lesões não palpáveis, serão feitas na Clínica Imagem, em Florianópolis, com procedimento guiado por exame de imagem, como mamografia ou ultrassom. O exame anatomopatológico – análise de fragmentos de tecido ou órgão retirados por meio de biópsias, entre outros procedimentos – ficará a cargo do Laboratório IMP. Tudo sem qualquer custo para as pacientes.

A cada mês, estima-se que sejam atendidas aproximadamente 10 pacientes com necessidade de realizar a biópsia para diagnóstico de lesão suspeita de câncer de mama. Este número deve crescer devido ao menor número de atendimentos durante a pandemia de Covid-19. “Contudo, com a falta de insumos no Hospital Regional, todos os casos de biópsia são encaminhados de volta para a Unidade Básica de Saúde, o que acentua o atraso do diagnóstico, aumentando os casos avançados e a angústia da paciente na espera pela assistência”, alertou Adriana Freitas. “Com este trabalho conjunto, que tem o total apoio da direção da instituição, realizaremos as biópsias para dar continuidade aos tratamentos com maior rapidez e eficácia”, completou.

Para o diretor do Hospital Regional, Daywson Pauli Koerich, a união da instituição com a SBM/SC na realização do Movimento Rosa é essencial para alertar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce da doença. “Identificar e tratar o câncer de mama nas fases iniciais é o maior aliado para um tratamento eficaz, possibilitando assim as chances de cura e também a melhoria da qualidade de vida”, destacou.

ESTUDO DEFINIU O PROJETO

O projeto do Movimento Rosa para 2021/2022 teve como base um estudo a partir dos resultados da primeira edição, que proporcionou desde os exames preventivos até o tratamento completo do câncer de mama, de forma totalmente gratuita, em cidades de todas as regiões. A Grande Florianópolis teve o melhor desempenho em número de exames e cirurgias realizadas. Ao mesmo tempo, foi onde se concentrou o maior número de casos represados, aguardando para realização de biópsias.

O Hospital Regional possui ambulatório na área de mastologia, com um atendimento estimado de 60 pacientes ao mês e é referência para os 18 municípios que serão atendidos pelo Movimento Rosa: Antônio Carlos, Biguaçu, Canelinha, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Leoberto Leal, Major Gercino, Nova Trento, Palhoça, Paulo Lopes, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São Bonifácio, São João Batista, São José, São Pedro de Alcântara e Tijucas. 

A campanha do Movimento Rosa ainda inclui palestras com especialistas em todo o estado, bem como orientações por meio das mídias sociais sobre a importância do reconhecimento dos sinais que podem denotar a presença do tumor da mama e dos exames de rastreio. Para garantir os exames e as ações de conscientização, o Movimento Rosa tem parcerias com a Farmacêutica LIBBS, com a Clínica Imagem, Laboratório IMP e Bard, fornecedora de insumos para biópsia.

NÚMEROS DO CÂNCER DE MAMA

O câncer de mama é o tumor mais frequente na população feminina do Sul do Brasil. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), são estimados aproximadamente 66 mil casos/ano. Entre 2020 e 2021, a pandemia trouxe uma redução do atendimento às consultas de rotina para prevenção do câncer feminino. Um questionário distribuído entre os especialistas catarinenses revelou que os atendimentos e os exames de rastreio podem ter redução superior a 50% durante esse período. Estimativas nacionais mostram que mais de 40 mil casos de câncer de mama não foram diagnosticados em 2020, o que deve engrossar a estatística de casos avançados da doença nos próximos meses, com reflexos nos números de Santa Catarina.

“Nosso papel como profissionais e como entidade é contribuir para melhorar a saúde das mulheres catarinenses, em especial daquelas que dependem do SUS. A segunda edição do Movimento Rosa busca minimizar os entraves do atendimento no sistema de saúde público, que em qualquer análise, melhora os desfechos dos nossos tratamentos”, destacou Adriana Freitas. “Queremos estar na vanguarda da promoção de ações de políticas públicas eficazes e que possam dar origem a projetos a longo prazo, que incrementem o nível da saúde pública no país, contribuindo também para uma pesquisa nacional que gere dados para ações futuras de assistência à população de baixa renda”, concluiu.

AÇÃO PREMIADA

A primeira edição do Movimento Rosa atendeu, de forma totalmente gratuita, mulheres de baixa renda com mais de 40 anos, nos municípios da Grande Florianópolis, Joinville, Blumenau, Chapecó, Lages, Itajaí, Criciúma, Tubarão e Mafra. Foram feitas 960 mamografias, 915 consultas, 91 ultrassonografias e outros exames, 21 biópsias e 10 cirurgias. A ação da SBM/SC foi premiada com o segundo lugar entre os projetos mais inovadores no controle do câncer de mama no Brasil, concedido pelo Brazilian Breast Cancer Symposium (BBCS), maior evento de pesquisa em câncer de mama do país, realizado em maio.

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img