15 C
fpolis
quinta-feira, maio 19, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Pablo Rossi elogia atuação da Fundação Franklin Cascaes

spot_img

Pablo Rossi elogia atuação da Fundação Franklin Cascaes

spot_imgspot_img

Pianista catarinense, que atualmente mora em Moscou, enalteceu o projeto Orquestra Escola e agradeceu o apoio da Fundação Franklin Cascaes à realização do I Concurso Internacional de Piano

De volta a Moscou, Pablo Rossi vai levar na bagagem um kit com livros publicados pela Fundação Franklin Cascaes

Considerado a grande revelação internacional da música erudita na atualidade, o pianista catarinense Pablo Rossi enalteceu a atuação da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC) na manutenção do projeto Orquestra Escola, que promove a inclusão social de crianças e jovens de diversas comunidades através da música. O elogio foi feito durante visita ao superintendente Rodolfo Joaquim Pinto da Luz, nesta quarta-feira (11/08), a quem o pianista agradeceu pessoalmente pelo apoio dado ao I Concurso Internacional de Piano, realizado em julho, em Florianópolis.

Antes de retornar a Moscou, onde vive desde 2006, Pablo Rossi esteve no Forte Santa Bárbara, sede da FCFFC, acompanhado dos pais, Domingo e Elizete Rossi. Segundo ele, a competição de piano colocou a capital catarinense em destaque internacional, reunindo pela primeira vez jovens talentos de diversas partes do mundo. A promoção também atraiu público de várias cidades do Brasil, superando as expectativas dos organizadores. “É um motivo de orgulho como catarinense poder dizer que a cidade onde eu nasci tem público e palco para a música clássica” disse o pianista ao entregar para Rodolfo Pinto da Luz uma revista sobre o evento do qual foi idealizador.

Fomento à cultura

Durante o encontro, Rossi elogiou a iniciativa da Fundação Franklin Cascaes de manter o projeto Orquestra Escola, garantindo formação musical continuada a centenas de crianças e adolescentes. “Iniciativas como essa contribuem para criar uma base não apenas para o desenvolvimento de musicistas, como também para fomentar o surgimento de plateia, de apreciadores de recitais e concertos”, observou.

O superintendente Rodolfo Joaquim Pinto da Luz destacou que em qualquer iniciativa, inclusive aquelas que promovam a cultura, as parcerias são fundamentais. E ressaltou o apoio da Tractebel Energia, que patrocina integralmente o projeto Orquestra Escola desde sua criação, garantindo que por ano sejam atendidas cerca de 150 crianças e adolescentes. “Muitos dos que iniciaram em 2006, hoje estão ingressando na faculdade na área de música. Já é um reflexo desse processo de fomento”, comentou.

Ao final do encontro, Pablo Rossi presenteou a direção da FCFFC com um CD que ele gravou recentemente, e com uma lembrança do concurso de piano realizado em Florianópolis. Em retribuição, recebeu algumas obras lançadas com o selo da Fundação Franklin Cascaes Publicações.

Nascido em Florianópolis, Rossi iniciou os estudos musicais aos seis anos com o professor Álvaro da Silva e, aos sete, ganhou o concurso para piano “Jovens Intérpretes de Lages”, passando a ter aulas com a renomada professora de piano russa Olga Kiun, em Curitiba (PR). A partir daí, o talento do jovem pianista foi reconhecido em concursos nacionais e internacionais. Aos 21 anos, Pablo Rossi reside em Moscou, onde estuda piano desde 2006 no Conservatório Tchaikovsky, instituição considerada referência mundial no ensino da música.

spot_img