26.8 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Pandemia gera nova onda de empreendedorismo em Florianópolis

spot_img

Pandemia gera nova onda de empreendedorismo em Florianópolis

spot_img

 

A pandemia que assolou o Brasil em 2020 fez surgir novos empreendedores em diversas áreas, causada, em boa parte, pelo desemprego. De acordo com pesquisa recente da FGV (Fundação Getúlio Vargas), o desemprego em 2020 deve variar entre 17,8% a 23,8%, um recorde.

Por outro lado, o fato representa algo positivo: aumento no número de novos empreendedores no mercado de trabalho. “Isto sem dúvidas pode contribuir para o crescimento da economia”, diz o consultor empresarial Renato Mendes, da Moreira Mendes Consultoria & Contabilidade, que registrou em julho crescimento de 43% com os novos empreendedores de Florianópolis que aproveitam as oportunidades sugerem a partir dessa crise.

A preocupação maior deve ser o fluxo de caixa, como, por exemplo, prever a quantia que será desembolsada e a capacidade de gerar caixa por um determinado período. “Muitos empreendedores se perdem ao não definirem um salário para si dentro do fluxo de caixa da empresa”, explica.

 Outro erro comum e imaturo é misturar as contas pessoais com as finanças de pessoa jurídica.

Segundo Moreira, definir um salário justo, de acordo com o porte da empresa e como a atividade exercida pelo empreendedor, é fundamental. “É um erro comum achar que porque está faturando, o empresário pode tirar dinheiro da empresa sem responsabilidade com as contas futuras. O sócio tem lucro quando fechar o balanço e o empresário tem salário definido", diz o profissional criador de programas de orientação para orientar este novo empreendedor. 

spot_img
spot_img