18.7 C
fpolis
terça-feira, julho 5, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Pedra Branca traz profissionais dos EUA para definir infraestrutura e sustentabilidade

Pedra Branca traz profissionais dos EUA para definir infraestrutura e sustentabilidade

spot_imgspot_img

Grupo de trabalho fica até sexta (18) em SC traçando diretrizes e ações que serão implementadas no empreendimento na Grande Florianópolis.

A Arup, uma das maiores empresas de engenharia dos Estados Unidos, inicia nesta semana o primeiro trabalho no Brasil, com o estudo do “centro de bairro” que será desenvolvido na Cidade Universitária Pedra Branca, em Palhoça (SC). A empresa trouxe uma comitiva de profissionais norte-americanos, que ficam no estado até sexta (18.12) participando de charretes – método de trabalho que reúne especialistas de variadas áreas – para definir a infraestrutura sustentável da ‘cidade-bairro’, que nos próximos 15 anos abrigará cerca de 30 mil moradores.

Gerenciamento de resíduos, água potável, esgoto, energia, transporte e pavimentação, além de diretrizes de sustentabilidade para os edifícios e o terreno serão os principais assuntos dos encontros, que ainda terão na pauta os lançamentos de 2010 – primeiras quadras que serão construídas no novo centro de bairro, que tem como ‘norte’ o Urbanismo Sustentável. “Com base neste conceito buscamos construir um bairro de uso misto, que contemple moradia, comércio, escritórios, lazer e educação aliado a ações sustentáveis e à alta performance do ambiente construído”, ressalta Valério Gomes, empreendedor e construtor responsável pelo projeto Pedra Branca.

Segundo ele, a parceria com a global Arup, a exemplo da DPZ Latin America, alicerce do projeto, que ainda conta com a participação de renomados escritórios de arquitetura, como o de Jaime Lerner, são fundamentais para atingir os objetivos do Urbanismo Sustentável. “Essas parcerias, muitas internacionais, possibilitam uma troca de conhecimento imensurável, sem falar nas experiências replicadas. O Brasil tem potencial para fugir dos condomínios fechados e fazer com que as pessoas vivam mais em comunidade em vez de reclusas em suas casas rodeadas de muros”, frisa Gomes.

Cidade-bairro em 250 hectares – Selecionado pela fundação do ex-presidente americano Bill Clinton para integrar o Programa de Desenvolvimento Positivo do Clima, o projeto do novo centro de bairro da Cidade Universitária Pedra Branca será constituído em núcleos que permitem aos moradores o acesso rápido à zona comercial. Uma rede de ciclovias obedecerá ao mesmo padrão viário, oferecendo rotas alternativas. Bolsões de áreas verdes, praças e um parque linear ao longo de um lago criarão oportunidades para encontros e para aproveitar a vida ao ar livre.

“O bairro está sendo criado principalmente para privilegiar o pedestre”, admite Gomes. O espaço de 250 hectares terá ainda um Centro Cultural, que entre outras instalações contará com um teatro de 800 lugares e um anfiteatro ao ar livre.

A maior parte dos edifícios será de alvenaria de tijolos, com lojas e restaurantes nos térreos e apartamentos e escritórios nos andares superiores. A maioria dos prédios terão pátios internos e jardins complementando a área verde pública, assim como jardins na cobertura e área de estacionamento subterrânea. A arquitetura seguirá os padrões do sistema Leadership in Energy and Environmental Design (Leed), a mais importante certificação mundial de sustentabilidade.

SERVIÇO

Charrete empresa americana Arup e Pedra Branca
17 a 18/12 (horários preferências: início da manhã, fim da manhã ou fim de tarde)
Rua dos Pessegueiros, s/nº, Cidade Universitária Pedra Branca, Grande Florianópolis, Palhoça (SC)

spot_img