19.6 C
fpolis
sábado, novembro 27, 2021
cinesytem

Pescadores realizam protesto contra normativa do Ministério da Pesca

spot_img

Pescadores realizam protesto contra normativa do Ministério da Pesca

spot_img

Cerca de 40 pescadores protestaram na manhã desta sexta-feira,17, na superintendência estadual do Ministério da Pesca, em Florianópolis, contra proibição do uso da rede de cerco para a captura das tainhas. As informações são da rádio CBN/Diário.

O problema que gerou as reclamações teve início no primeiro dia da temporada de pesca quando Eugênio Zilto Pereira recebeu uma multa de R$ 1,4 mil por ter a rede de cerco no barco. Representantes do Ibama informaram que o pescador não tinha autorização para o uso deste tipo de rede. Os pescadores alegam que sem poder usar esta rede ficam impossibilitados de pescar tainhas. Como forma de protesto os trabalhadores levaram suas licenças de pesca, onde consta que estão autorizados para pescar tainhas.

A normativa que impede o uso deste tipo de rede pode ser revisto. Representantes do Ibama e da superintendencia estadual do Ministério da Pesca vão encaminhar documento ao Ministério da Pesca, em Brasília, pedindo a revisão deste item e a liberação para o uso dos pescadores.

spot_img
spot_img