26.2 C
fpolis
quinta-feira, janeiro 20, 2022
cinesytem

Prefeitura de Florianópolis lança campanha para adoção de cães e gatos

Prefeitura de Florianópolis lança campanha para adoção de cães e gatos

spot_img

A Prefeitura de Florianópolis lançou uma campanha de adoção de animais, que abrange TV, rádios, jornais e Facebook. O objetivo é sensibilizar a população, tanto para encontrar um lar para os mais de 100 cães e gatos abrigados na Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea), quanto para conscientizar que o abandono dos bichos é crime previsto por lei.

Para a campanha foram criados perfis na rede social que irão contar a história de alguns dos animais que hoje vivem na Dibea. É o caso da Esperança (foto), por exemplo, que aguarda há anos por uma casa.

Na TV, a campanha mostra como os cães e gatos são capazes de mudar a vida das pessoas. 

Dibea

 Todos os animais que chegam à Dibea, vítimas de maus-tratos e situações de risco são desverminados e tratados, microchipados e castrados. Caso estejam em condições, são colocados para adoção. Atualmente há pouco mais de 100 cães e gatos abrigados na diretoria, aguardando uma família para adoção. Em média, cerca de quatro animais são adotados por semana. 

Endereço: a Dibea fica no bairro Itacorubi. Veja aqui como chegar.

Castração e atendimento

Já pelo programa de castração para controle de natalidade, às segundas e sextas-feiras proprietários de animais que têm renda de até dois salários mínimos podem levar seus patudos para a cirurgia. Nos outros três dias da semana, o caminhão da Dibea vai até as comunidades e busca os animais selecionados que precisam de atendimento. Essa triagem é feita a partir de famílias carentes seguindo critérios de renda por voluntários residentes no local.

Recentemente, cães e gatos de famílias com até dois salários mínimos de renda voltaram a ter atendimento ambulatorial feito pelos veterinários da Prefeitura na Dibea. O consultório funciona como um centro de saúde para os bichos. O atendimento é das 13h às 17h e ocorre por livre demanda, ou seja, sem agendamento. São feitas consultas, com exceção daquelas que demandam internação, cirurgia de tumores ou ortopédicas.

spot_img
spot_img