20.3 C
fpolis
sexta-feira, janeiro 28, 2022

Prefeitura de São José lança mutirão para a realização de 70 mil exames

Prefeitura de São José lança mutirão para a realização de 70 mil exames

spot_img

A Prefeitura de São de José está lançando um mutirão para zerar a fila em diversos tipos de exames. No programa “Em São José a fila anda” serão realizados mais de 70 mil exames para acabar com a demanda reprimida em procedimentos como ultrassonografia, mamografia e raio-X. A expectativa é iniciar os exames já no mês de setembro.

A secretária municipal de Saúde, Sinara Simioni, explica que a Prefeitura está publicando o edital para o credenciamento das clínicas que serão contratadas para a realização dos exames. “Nosso objetivo é reduzir consideravelmente as filas de exames de imagem reprimidos na Secretaria Municipal de Saúde. Por isso, o mutirão terá como foco aqueles que já estão na fila”, assinala.

Serão realizados exames como ressonância, tomografia, ultrassonografia, mamografia, raio-X e densidometria. A expectativa é reduzir grande parte da demanda acumulada destes exames até dezembro. Na ultrassonografia, por exemplo, são aproximadamente 28 mil exames em espera. No raio-X a demanda é de cerca de 22 mil exames e cerca de 2 mil mamografias. Ao todo, as unidades de saúde atendem em média cerca de 140 mil pessoas por mês.

O investimento inicial da Secretaria de Saúde será de aproximadamente R$ 2,6 milhões. Vale ressaltar que a estratégia para a maioria dos exames do mutirão é pagar o valor na Tabela SUS, sem complemento, conseguindo assim ofertar um número ainda mais expressivo de exames.

A prefeita Adeliana Dal Pont afirma que o principal objetivo da Prefeitura é reduzir a espera por exames. Além de iniciativas como o mutirão, a Secretaria de Saúde vem trabalhando em diversas ações para ampliar e melhorar a oferta de atendimento para a população. “Investimos no fortalecimento da Atenção Básica com, por exemplo, a adoção do sistema de acolhimento nas unidades de saúde. Com isso, reduzimos as filas e garantimos que todos que procuram uma unidade tenham atendimento de acordo com a classificação de risco. Outra medida foi a implantação Prontuário Eletrônico do Cidadão, que permite o compartilhamento de informações sobre os pacientes em todos os pontos de atenção da rede”, ressalta a prefeita.

As informações são da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São José.

spot_img
spot_img