18.9 C
fpolis
quinta-feira, dezembro 2, 2021
cinesytem

Prefeitura pedirá o cancelamento do contrato com a Autopista Litoral Sul na BR-101

spot_imgspot_img

Prefeitura pedirá o cancelamento do contrato com a Autopista Litoral Sul na BR-101

spot_img

O prefeito Cesar Souza Júnior confirmou na tarde desta sexta-feira, 10, que vai requisitar ao Ministério dos Transportes e ao Ministério Público Federal que seja avaliada a possibilidade de imediato cancelamento do contrato com a concessionária Autopista Litoral Sul, que administra o trecho da BR-101 que passa pela Grande Florianópolis.

A decisão foi tomada depois da sabatina com representantes da empresa na manhã desta sexta. Durante a reunião foi anunciado um novo adiamento para o início das obras do anel viário da Grande Florianópolis.

“Quando uma empresa não cumpre o disposto no edital é obrigação do ente público cancelar o contrato, declarar a empresa inidônea e abrir novo processo de concessão para que uma nova empresa seja habilitada a cumprir o objeto do contrato”, afirmou o prefeito.

“A nossa percepção é que há um evidente conluio entre a empresa OHL e a ANTT. Achei que na reunião fosse ouvir algo conclusivo, mas não, ouvimos mais do mesmo, uma situação que chega a ser aviltante”, disse Cesar.

O prefeito de Florianópolis explicou que na próxima segunda-feira, 13, vai procurar os demais prefeitos e prefeita da Grande Florianópolis para tratar do assunto, convidando-os a assinar em conjunto o documento que será encaminhado ao Ministério dos Transportes e ao Ministério Público Federal.

“A região entre São José e Palhoça é a mais violenta do país, não estamos falando só de riqueza e atraso no desenvolvimento por conta da falta do anel viário, mas principalmente de vidas humanas que são perdidas em um trânsito congestionado e violento”, destacou Cesar Souza Júnior.

spot_img
spot_img