21.8 C
fpolis
domingo, outubro 24, 2021
cinesytem

Prefeitura promoverá evento para reunir haitianos que moram em Florianópolis

spot_img

Prefeitura promoverá evento para reunir haitianos que moram em Florianópolis

spot_img

No domingo, 17, ocorrerá na sede do Conselho Comunitário de Capoeiras, na região continental de Florianópolis, o Primeiro Encontro de Estudantes Haitianos da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis. A proposta é integrar os estrangeiros que fazem parte do Curso de Língua Portuguesa oferecido pela Secretaria de Educação. O encontro ocorrerá das 14h às 18h. As informações são da Secretaria de Comunicação do Executivo Municipal.

 A data do evento foi escolhida pelos alunos por ser véspera do Dia da Bandeira Haitiana. Coordenadas pela Gerência de Educação Continuada e Complementar, constam nas atividades troca de experiências, além de entretenimento envolvendo canto, dança e recital de poesia.

 Há 100 haitianos freqüentando o Curso de Português. Eles têm aulas na Fundação Vidal Ramos e na Escola Básica Municipal Almirante Carvalhal.

 Cidadão do mundo

As aulas também são para que os alunos possam concluir o ensino fundamental.  A ação é parte do projeto “Cidadão do Mundo”, realizado pela parceria entre a Secretaria de Educação, da Fundação Vidal Ramos e da Associação de Haitianos em Florianópolis, KayPaNou, que significa “Nossa morada”.

 O objetivo do curso é contribuir para a inclusão dos imigrantes na cidade e auxiliá-los no acesso aos serviços públicos. Atualmente, existem cerca de 200 haitianos na região da Grande Florianópolis.

 Nas aulas são debatidos os direitos de imigrantes e, nesse contexto,  desenvolvidas práticas de leitura e escrita. As aulas são ministradas por uma professora da EJA, Educação de Jovens e Adultos.

 Começo pelo Continente

O curso tem duração de dois anos, mas a expectativa é que, tendo em vista o reconhecimento dos estudos anteriores realizados pelos alunos, ainda no Haiti, a maioria seja certificada neste ano.

A demanda para o atendimento dos estudantes haitianos foi apresentada à EJA em 2014. No segundo semestre, o atendimento começou a ser realizado com uma turma no núcleo  sediado na Escola Básica Municipal Almirante Carvalhal, na área Continental.

spot_img
spot_img