20.3 C
fpolis
sexta-feira, janeiro 28, 2022

Projeto 12:30 apresenta o violonista Felipe Coelho

Projeto 12:30 apresenta o violonista Felipe Coelho

spot_img

Nesta quarta-feira, dia 11/3, o Projeto 12:30 recebe o compositor e instrumentista Felipe Coelho. Com a intenção de executar um repertório variado, que incluí o flamenco, a música brasileira e o jazz, o violonista irá mesclar composições próprias e adaptações de músicos consagrados.

Felipe já se apresentou em outras edições do Projeto 12:30 e volta aos palcos da UFSC para mostrar sua versatilidade em estilos diversos, além de executar peças difíceis com elevado nível técnico, merecendo elogios do público.

Felipe Coelho iniciou o curso de música na UDESC em 1999 e, após um semestre na universidade catarinense, recebeu uma bolsa de estudos para o bacharelado na Universidade do Alabama (EUA), onde se graduou em Jazz Studies em 2003. Posteriormente concluiu ainda o mestrado em Jazz Studies (ênfase em violão e guitarra) na Universidade da Geórgia (EUA). Sendo agraciado com alguns prêmios – entre eles o de melhor solista do Alabama State Jazz Festival of Grissom High School, 1998, em Huntsville AL – Felipe Coelho teve a oportunidade de acompanhar, na sala de aula ou nos palcos, grandes nomes do jazz, como Jamey Aebersold, David Baker, Kenny Garret e David Sanchéz.

Nascido em Florianópolis, Felipe se interessou por música pela primeira vez aos 5 anos, quando descobriu que podia fazer compilações de tapes cassete gravando músicas do rádio. Essa paixão evoluiu rapidamente, e aos 6 anos tocava violão com o pai, e aos 13 tocava guitarra com sua banda em festas de amigos. Após ser premiado melhor solista de jazz aos 15 anos em um festival estadual nos Estados Unidos, enquanto era intercambista, recebeu bolsas de estudos para manter-se no país onde adquiriu diplomas de bacharelado e mestrado em Jazz Studies e Arranjo com foco em guitarra. Durante essa época ele teve conflitos de identidade musical, entre a disciplina da educação jazzisitica e seu foco natural pela musica brasileira e o flamenco. Ao terminar o mestrado aos 23 anos, Felipe passou os próximos dois anos apresentando-se quase todos os dias no sul dos Estados Unidos com grupos diversos e também solo, e foi também convidado a apresentar-se em cruzeiros internacionais.

O período de nove anos, vivido nos Estados Unidos, deu a ele a oportunidade de escrever composições e arranjos para grupos universitários, desde formações menores até orquestras completas, e de ter contato musical com grandes nomes, como Kenny Garret, David Sanchez, Arturo Sanduval, Frank Vignola, Gene Bertoncini, Garry Motley entre outros, além de compor para diversas companhias de baile flamenco como “Perla Flamenca”, “Fario Gitano”, “Cuerpo Libre”.

Esse período de desenvolvimento permitiu que sua identidade musical fosse formada como uma combinação da sua cultura brasileira, adicionada ao estilo flamenco/cigano que ele considera uma “herança espiritual”, e a música jazzística, dentro da qual foi educado. A constante prática de composição o permitiu encontrar um som/estilo unicamente próprio.

Aos 25 anos lançou seu primeiro disco, obtendo atenção nacional pela televisão através do programa Mahattan Conection, que elogiou seu trabalho, assim como através de revistas especializadas, como Guitar Player e Violão Pro. O lançamento do disco foi seguido imediatamente por uma viagem para a Europa, onde Felipe obteve um contrato de performance por seis meses para mostrar seu trabalho em cruzeiros pelo Mediterrâneo, vendendo centenas de discos.

Para o ano de 2009, Felipe lançará mais um disco inteiramente original, com arranjos modernos para quarteto de cordas, abrangendo a música brasileira e permitindo influências do Jazz, da música Indiana, do Flamenco, e da música clássica moderna. Algumas faixas do mesmo estarão disponíveis em breve no seu site www.myspace.com/felipefcoelho

Visite www.myspace.com/felipefcoelho, onde há vídeos de alguns concertos que dão idéia do trabalho do artista, para as pessoas que ainda não conhecem o som de Felipe Coelho.

Projeto 12:30

O Projeto 12:30 é realizado pelo DAC – Departamento Artístico Cultural, vinculado à Secretaria de Cultura e Arte da UFSC e apresenta semanalmente, às quartas-feiras, ao ar livre na Concha Acústica, e quinzenalmente às quintas-feiras, no Projeto 12:30 Acústico, no Teatro da UFSC, atrações de cunho cultural, grupos de música, dança e teatro.

Artistas e grupos interessados em participar do projeto devem entrar em contato com o DAC através dos telefones (48) 3721-9348 / 3721-9447 ou por e-mail, enviando mensagem para projeto1230@dac.ufsc.br.

SERVIÇO:

O QUE: Show com o violonista Felipe Coelho
ONDE: Projeto 12:30 na Concha Acústica da UFSC
QUANDO: Dia 11 de março de 2009, quarta-feira, às 12h30min
QUANTO: Gratuito e aberto ao público
PROGRAMA: jazz, mpb e flamenco
CONTATO: Felipe Coelho: www.myspace.com/felipefcoelho e felipefc@hotmail.com

Por [CW] DAC: SECARTE: UFSC – Projeto 12:30 – DAC – Departamento Artístico Cultural da UFSC – (48) 3721-9348 / 3721-9447 www.dac.ufsc.br

spot_img
spot_img