20.6 C
fpolis
quarta-feira, dezembro 1, 2021
cinesytem

Promessas do tênis brasileiro abrem a chave principal da Copa Guga Kuerten nesta segunda-feira

spot_img

Promessas do tênis brasileiro abrem a chave principal da Copa Guga Kuerten nesta segunda-feira

spot_img

116 jogos reúnem os melhores do país em Florianópolis (SC) nesta segunda, que terá a abertura oficial do evento às 10h. Thiago Monteiro e Beatriz Maia lideram listas dos 18 anos.

A Semana Guga Kuerten 2011 dá a largada nesta segunda-feira para a disputa da Copa Guga Kuerten, torneio infanto-juvenil que conta pontos para os Rankings ITF (18 anos), para a Cosat (14 e 16 anos) e para o Ranking Nacional (12 anos), com os primeiros jogos do masculino em quadra à partir das 8h. As meninas só entram em quadra na terça-feira. Às 10h, acontece a cerimônia de abertura oficial da Copa Guga Kuerten 2011, com o desfile das delegações dos 19 países representados na competição. Para esta terceira edição do torneio, os maiores destaques da nova geração do tênis brasileiro estarão reunidos no Jurerê Sports Center, em Florianópolis (SC), divididos em categorias entre 12 e 18 anos. Quatro dos maiores destaques juvenis do país estarão em quadra: Thiago Monteiro, João Sorgi, Bruno Sant’Anna e Beatriz Maia.

“A gente sabe que é um torneio difícil, todos estão muito bem preparados, mas nós sabemos do nosso potencial. Venho de bons resultados, temos treinado bem, vamos ver o que dá. Nós já viemos em outros anos e sempre é muito legal jogar a Copa Guga Kuerten”, disse o cearense Thiago Monteiro, líder dos 18 masculino. “O torneio vai ser bem legal. O Guga é um ídolo pra todos, e por ser um torneio com o nome deles é muito mais motivando. Jogar com o nome dele ‘nas costas’ é um privilégio, é legal”, concluiu Beatriz Maia.

Entre os destaques inscritos na competição, que sorteou os confrontos neste domingo, estão jogadores brasileiros que conquistaram títulos importantes em nível nacional e internacional. Nos 12 anos, o baiano Lucas Cruz, líder do ranking nacional, tenta mais um título no ano, depois de vencer quatro etapas nacionais em torneios G1. Com ele, outros quatro Top 10 do país estarão em quadra: o paulista Gabriel Ciro, o brasiliense Gilbert Klier Jr., o gaúcho Lucca Baptista e o paulista Bruno Pessoa, hoje o 10º melhor do ranking nacional.

No feminino, a Copa Guga Kuerten 2011 também terá cinco das Top 10 do país: a catarinense Nathalia Gasparin, que representou o Brasil no Mundial da categoria, a catarinense Luíza Braghini, a mineira Bruna Caporali, a paranaense Kathleen Percegona e a paulista Mariana Borges.

A partir dos 14 anos, os brasileiros ganham a companhia de atletas de outros países sul-americanos, valendo pontos para o ranking da Confederação Sul-americana de Tênis (COSAT). Nos 14 masculino, a chave tem nada menos de sete dos 10 melhores jogadores do país, liderados pelo número dois do continente, o gaúcho Orlando Luz, campeão sul-americano pelo Brasil, e que também conquistou o Banana Bowl e a Copa Gerdau em 2011. O líder do ranking nacional, o paranaense Gabriel Sidney, também campeão sul-americano defendendo o Brasil no primeiro semestre, é outro destaque. Ele se junta ao baiano José Evaldo Neto, que dominou o circuito nacional nesta temporada, ao paulista Marcelo Dib, ao gaúcho Orlando Luz, ao paranaense Fernando Yamacita, ao brasiliense Bernardo Moraes e o também paranaense Pedro Henrique Lima, que fecha o Top 10 nacional.

No feminino, destaque para a paraguaia Camila Tabarez, número 15 na Cosat e melhor ranqueada entre as inscritas. Entre as brasileiras, a carioca Maria Clara da Silva, número dois do Brasil, deve liderar as atletas da casa, ao lado das paulistas Sophia Chow e Júlia Iarocrinski, da mineira Giovanna Caputo e a gaúcha Victoria Cafruni, todas entre as 10 melhores do Brasil.

Outros destaques são a carioca Nicole Souza, líderes do ranking nacional nos 12 anos, e a paulista Thaísa Pedretti, que subiram de categoria no meio da temporada. Nicole já está entre as 20 melhores do país, e Pedretti ocupa a 77ª colocação nos 14 anos.

Já nos 16 anos, o amazonense Pedro de Paula, número 47 do continente, é o melhor ranqueado do circuito Cosat na chave. No ranking nacional, o paranaense Marcelo Tebet Filho, número dois do país, é destaque ao lado de Athila Rauch, Marcelo da Silva, Osny Santos Jr. e Eduardo Assumpção. Fechando a lista dos Top 100 está o argentino Juan Ignacio Aráoz, atual 91 do mundo.

Entre as meninas, a melhor ranqueada é a brasileira Ana Laura John, atual 17ª melhor da categoria na América do Sul. O Brasil também deve ter a paulista Gabriela Alves (34ª) e a carioca Brenda Silva (76ª) entre as cabeças-de-chave. A uruguaia Magdalena Boado, número 84, deve ser a estrangeira melhor ranqueada na chave.

E é nos 18 anos, que vale pontos de G5 para o Ranking ITF Juvenil, que as maiores atrações da Copa Guga Kuerten 2011 estarão em quadra. Atual 6º melhor jogador do mundo, o cearense Thiago Monteiro, que treina no Instituto Larri Passos e faz parte do Projeto Olímpico do Rio 2016, lidera a lista repleta de brasileiros. Outros destaques são os paulistas Bruno Sant’Anna, 21º do mundo, e João Pedro Sorgi, 14º. Os dois também chamam a atenção no circuito profissional, onde já conquistaram seus primeiros bons resultados.

Finalmente nos 18 feminino, a lista é liderada pela jovem paulista Beatriz Maia, que em 2011 furou o qualificatório de dois Grand Slams juvenis e também faz parte do projeto olímpico para 2016, ocupando a 79ª colocação no ranking mundial. A campeã brasileira dos 16 anos, a gaúcha Luísa Rosa, também deve estar na chave principal do torneio, assim como a número 1 do Ranking Nacional dos 18 anos, a mineira Marina Pereira.

O primeiro dia de jogos começa às 8h desta segunda-feira, no Jurerê Sports Center. Às 10h, acontece a cerimônia de abertura oficial da Copa Guga Kuerten 2011.

Brasileiros furam o quali

As 24 vagas restantes da chave principal da Copa Guga Kuerten foram definidas neste domingo, em Jurerê Internacional. Nos 18 masculino, Maurício Cassimiro, João Gauer, Gustavo Bonotto, Stefano Soares, Jefferson Wendler Filho, Alexandre Albarici e Fernando Leite entraram para o torneio. Nos 16, avançaram Heitor Garcia, Bruno Chieregatti, Pedro Hanaiama, João Silva, Moritz Gehlhaus, Pedro Nicolela, Iagos Lucca e Thiago Queiroz Neto. Já nos 14, Guilherme Castro, Pedro Setti, Maurício Conrado, Gianlucca Galdi, Guilherme Mender, Artur Etzberger, Gustavo Rocha e Vitor Anunciação completam a chave.

spot_img
spot_img